Mineiro gosta de bater em mulher

Gosta, sim. No governo Aécio Neves, um coronelzinho da guarda pessoal do governador, em uma solenidade, encostou o cano de uma arma engatilhada na cabeça de uma repórter da tv estatal. O valentão mandou a foquinha ajoelhar. De joelhos ficou a jovem.

Na Assembléia Legislativa, um deputado radialista passou a mão na cara de uma coleguinha jornalista. Foi uma tapa parlamentar.

Ninguém protestou. Os dois crimes ficaram impunes.

Anúncios

AS ARMAS, DE ONDE VIERAM?

por Carlos Chagas

Para não dizer que as lambanças se restringem ao Brasil, vale olhar para fora e verificar o que acontece na Líbia. As telinhas estão repletas de imagens mostrando o avanço e a vitoria dos rebeldes. Não dá para ignorar o armamento sofisticado que eles utilizam. Obuses, quer dizer, canhões, de útima geração, podem ser vistos vomitando petardos sucessivos. Manobrando-os estao cidadãos sem farda, mas armados com submetralhadoras modernas. Mesmo ficando em terra, abstraindo-se os mísseis e foguetes lançados pela Otan, a pergunta que se faz é como esses dissidentes conseguiram recursos para adquirir armamento de primeira linha? E de onde vieram os canhões, as metralhadoras e os veículos de transporte, se na Líbia não há produção nem indústria bélica?

Claro que tudo provém dos países empenhados em afastar o ditador Kadaffi. Se forem examinadas com lupa, as fotografias mostrarão, entre os amotinados, certas figuras também em trajes civís, mas sem semelhança com com a massa rebelada. São os instrutores, eufemismo para designar oficiais e técnicos americanos, ingleses, italianos e franceses, encarregados de conduzir a guerra. No fundo, os contratos de petróleo.

A sesmaria da fábrica Bacardi vira shopping no Recife

Torres de luxo cercarão o shopping
Pertinho do mar, para o deleite dos ricos
Vista panorâmica dos moradores das torres

Escrevi hoje no faceboox:

Todo o dinheiro da prefeitura visa criar uma estrutura para o Coliseu da Copa do Mundo e para mais um shopping de João Paes Mendonça na Bacia do Pina.

Um shopping com várias torres de apartamentos de luxo, do mais alto luxo. Próximas já existem duas. Com histórias bem suspeitas.

Um shopping em um terreno doado pelo governo para a Bacardi. A doação foi justificada na época: Uma destilaria de rum salvaria a lavoura da cana de açúcar. Como a Bacardi correu de Cuba, com a vitória da luta armada de Fidel Castro, fez parte de uma propaganda que preparava o golpe de 64.

A Bacardi fechou. De quem é esse terreno, que passou a valer bilhões com as obras de infraestrutura construídas e que estão sendo realizadas também pelos governos do Estado de Pernambuco e da União?

Qual o interesse público nesse shopping, ou futuro condomínio fechado, com cais, heliporto, jardins e mais jardins e parque?

Que seja uma agressão aos cofres públicos tudo bem. Faz parte dos costumes brasileiros. E o que dizer do meio, ou melhor de todo ambiente?

Chile. Quem é pato Donald na Embaixada do Brasil?

Taí pro Itamarati descobrir

Da Embaixada do Brasil, no Chile, partiu uma campanha que visa desqualificar o movimento estudantil na América do Sul. Notadamente a liderança de Camila Vallejo.

Isso é uma volta aos tempos da Operação Condor das ditaduras do Cone Sul.

Los responsables de la Agencia Periodística de América del Sur (APAS) denunciaron que está circulando en internet y redes sociales una nota atribuida a ellos en la que se descalifica a Camila Vallejo y se afirma que viajó a un congreso estudiantil en Uruguay.

La nota ha sido difundida en las redes sociales de internet y por correo electrónico. Uno de los difusores en Chile de esta apócrifa nota es un presunto funcionario de la Embajada de Brasil en Chile, cuya dirección de correo es donald@embajadadebrasil.cl.

Al respecto, Fernando Glenza, responsable de relaciones institucionales de la agencia salió a denunciar la historia que se le adjudica a su organización.

“M me veo en la necesidad de realizar la siguiente denuncia pública en relación a una presunta nota de nuestra autoría replicada en diversos blogs y redes sociales de internet intitulada: ‘Una falsa Estudiante chilena de nombre Camila Vallejo, llega a Uruguay a participar en ‘Congreso Guevarista’ (del Partido Comunista)’, señala Glenza.
“El objetivo de la noticia falsa tiene el doble propósito de ensuciar el nombre de la dirigente de la Federación de Estudiantes de la Universidad de Chile (FECH) y manchar el nombre de nuestra Agencia, emprendimiento conjunto de tres universidades públicas de Argentina: Universidad Nacional de La Plata, Universidad Nacional de Cuyo y Universidad Nacional de Lomas de Zamora”, agrega.

“Esto no es casual, es un ataque deliberado, dada nuestra trayectoria en defensa de la enseñanza Pública, Libre y Gratuita; y por consiguiente, nuestro apoyo a los reclamos emprendidos por el movimiento estudiantil chileno en ese sentido”, explica.

La agencia señala que la noticia falsa aún se encuentra publicada en diversos blogs ligados a la ultraderecha latinoamericana como el correspondiente a un supuesto “Movimiento 10 de septiembre”, “nombre que -no casualmente- remite al día previo al golpe de Estado” ocurrido en Chile en 1973.

Otro sitio que la ha difundido es http://twittervenezuela.co, relacionado al medio venezolano Globovisión; el Facebook Sebastián Piñera el Presidente del Bicentenario, creado y administrado por Jaime Ignacio Aracena Marciel; el Diario El Opositor, http://elopositor-chilenoopositor.blogspot.com; y las decenas de blogs del consultor y asesor de empresas chileno Rodrigo R. González Fernández.

Carteira de motorista, passaporte para matar

Perigo. Embriaguez ao volante

As ruas e avenidas não são mais dos pedestres. Os carros têm preferência.

Os motoristas doidões, bêbados e psicopatas, e suas máquinas assassinas estão na direção do trânsito e matam, e matam, e matam a cada minuto, a cada segundo, impunemente.

O Brasil é a terra da morte matada por bala perdida, encomenda, peste e fome.

Tem morte anunciada.
Tem morte sem causa conhecida.
Tem morte por causa conhecida.
E mais do que prevista.

Existe uma longa lista de pessoas impedidas de doar sangue. Mas qualquer psicopata, qualquer drogado, qualquer assassino profissional, qualquer alcoólatra pode comprar uma carteira de motorista.

Atropelou e/ou matou devia ser impedido de pilotar por toda a eternidade.

O Brasil é o país dos bêbados na direção. Dos filhinhos do papai, dos novos ricos parasitas, que transformam seus carrões importados em armas mortíferas.

Dirigir bêbado é correr com o dedo no gatilho.

O Congresso precisa, urgentemente, aprovar a Lei José Chaves, que torna inafiançável o crime de trânsito praticado por motoristas embriagados.

Portugal. Transporte com 28% de desconto para família que ganha menos de 544,96 euros

O governo português apresentou ontem os preços dos transportes, com descontos sociais, uma medida que “se enquadra no esforço do atual governo e do Ministério da Economia e do Emprego na promoção da justiça e proteção social aos agregados familiares de menores rendimentos”, explicou a tutela em comunicado.

Assim, diz o mesmo documento, as famílias com um rendimento mensal médio até 544,96 euros (1,3 Indexante de Apoios Sociais) vão ter acesso a descontos de 25% a 28%.

No Brasil, a família que ganha menos de 544,96 euros tem o quê?

Recebe o “bolsa”. Uma esmola de 115 reais. Que não passa dos 60 dólares, para comprar alimentos, pagar o aluguel da moradia, transporte, medicamentos, vestimenta e outros trecos essenciais para sobreviver como bicho.

E o governo exige dessa gente o voto nas urnas, a gratidão, a submissão, o conformismo. Tudo por um Brasil cordial. A imprensa portuguesa – diferente da brasileira – acha pouco. Leia mais