Jornalista diz que a Igreja jamais quis receber o Papa em Guaratiba, mas a Prefeitura insistiu…

por Mário Assis

 

guaratiba_vale

Circula na internet, com grande aceitação e causando revolta nos cidadãos, a seguinte nota sobre a visita do Papa Francisco ao Brasil:

###

O repórter Gerson Camarotti, da GloboNews – que acompanhou as negociações da igreja católica para definir um local para a Jornada Mundial da Juventude e foi o único jornalista a entrevistar o Papa – declarou que desde o início, a Arquediocese rejeitava Guaratiba. Preferia fazer as grandes concentrações em outro local, entre eles, a praia de Copacabana, onde acabou acontecendo.

Estava “na cara” que Guaratiba, com piso no barro, aterrada recentemente, sem infra-estrutura de tudo, principalmente de transportes, não oferecia condições, mesmo que não chovesse, para o evento que já previa 3 milhões de fiéis. Mas o interesse da Prefeitura e do Estado foi mais forte e a área em Guaratiba acabou sendo beneficiada pelas obras realizadas, sem qualquer ônus para o empresário ligado à cúpula do Rio, o misterioso Jacob Barata, que domina os transportes coletivos no Rio de Janeiro.

 (Transcrito da Tribuna da Imprensa)
 
 
 

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s