O brasileiro gosta de verdura. Nos tempos de Delfim, crescia a cenoura, crescia a inflação. Com Dilma, estoura o tomate, estoura a inflação

Nos meus tempos de Sertão, o matuto dizia que verdura era capim. Ninguém comia. Com certeza, na cesta do povo não entra tomate. Nem cenoura.

Os preços aumentados da água engarrafada, dos medicamentos, dos serviços essenciais não contam.

Veja quantas manchetes safadas:

tomatebr_diario_comercio.tomateBRA_CB tomate BRA_PIO tomatetomate dilma jogar