O caso Rosemary esconde as concessionárias de água. Operação Porto Seguro escoa na Operação Concutare

dinheiro ilha sombra água fresca

A Operação Porto Seguro foi continuada com a Operação Concutare. São duas operações policiais que vão dar com os burros n’água. Porque a imprensa esconde as concessões de ilhas, que valem bilhões, para empresários; e de aquíferos, para fábricas de engarrafamento de água.  Que no Brasil existem “fábricas de água”, ou fábricas de fazer dinheiro, que é o negócio de vender água a preço de gasolina. Idem as exportações de água, um tráfico exercido pela pirataria internacional que, também, rende bilhões.

Interessa a imprensa unicamente culpabilizar Lula. Quando essas concessões, via secretarias de Meio Ambiente aconteceram e acontecem em governos estaduais de diferentes partidos. E envolvem as privatizações do abastecimento de água das cidades ou/e dos Estados. O recente caso de Pernambuco é exemplar.

As concessões dos aquíferos e ilhas aconteceram antes e depois de FHC. Hoje, envolvem, notadamente, a Agência Nacional de Água, a Ana, respeitosa prostituta.

Não existe Rosemary Noronha, sem o esquecido e intocável Paulo Rodrigues Vieira, ex-gigolô da Ana.

Josetxo Ezcurra
Josetxo Ezcurra

Posted by Gaston Ramirez Mendez in Oportunidades de negocios 

Primero que todo no queremos decirle que se apodere de pozos y venda el liquido, lo que queremos mostrarle son las opciones mas fáciles para que aproveche el recuso natural tan valioso y lo convierta en un negocio rentable. Las plantas purificadoras de agua son un excelente negocio, la tecnología de purificado ha evolucionado tanto que ahora poner una planta de purificado de agua es muy económico, lo que es importante conocer son las condiciones del agua que se va a purificar, la calidad de agua que se busca para distribuir o vender.

Oportunidades de negocios rentables en Brasil

El agua ¿valdrá más que el oro? … porque si es usted propietario de un manantial que funcione decentemente, habrá hecho su fortuna. La gente bebe agua. Es más, las campañas publicitarias insisten en la necesidad de beber dos litros, medio galón, al día. Si uno tiene sed, es una cantidad razonable. Si no… un tormento, porque lo de tomarse un vaso de agua como medicina debe de ser muy poco agradable. Todos beben agua. La gente bebe agua, decimos.

El agua potable, al ser un elemento básico para vivir, podría convertirse pronto en sínonimo de riqueza. Hasta ahora, uno de los principales símbolos de riqueza era la posesión de tierras: un terrateniente, por lo general, era un hombre rico; las cosas, sin embargo, se están poniendo de una manera que va a hacer que, al final, no sea símbolo de riqueza la posesión de tierra, sino la de agua. Haz fortuna con agua. Aguatenientes. De esto saben algo ya en lugares como las españolas islas Canarias. Hoy se nos dice miles de veces al día que el agua es un bien escaso, que hay que saber administrar.

Imágenes de conductores que aprovechan el alto para echar un trago a su botella de plástico que contiene un agua ya tibia

En el restaurante se encuentra uno con que, en lugar del clásico “¿con gas o sin gas?” le presentan una guía de aguas minerales… y no vayan a pensar ustedes que se trata de aguas sólo del país. Esas cartas de aguas son un auténtico mapamundi. Y luego, el diseño. Por supuesto que a nadie se le ocurre poner sobre la mesa de un restaurante elegante una botella de plástico; lo más que llegamos a aceptar es que se ‘decante’ el agua de esa botella a una jarra de cristal, pero quien quiera vender agua en el segmento alto de la restauración debe olvidarse del plástico. Agua potable, un tesoro. Son botellas de cristal, que a veces parecen cualquier cosa menos una botella, de diseño, preciosas, carísimas… Un diseño que a lo mejor pretende hacer olvidar que lo que contienen las joyas en cuestión no es sino… agua. De modo, amigo lector, que si encuentra usted agua en sus tierras está de suerte.

Lo primero que tendrá que hacer será analizarla. No hace falta que sea medicinal: conque sea potable, vale. Estudie usted después las posibilidades del manantial, es decir, su caudal. Si el resultado está bien, enhorabuena. Un rico aguateniente. Búsquese un diseñador, que le proponga una botella distinta, atractiva, que parezca de cualquier cosa menos de agua.

Vaya colocando su agua en restaurantes que usted conozca, en espera de encontrar un distribuidor en países lejanos. Quiero decir que tendrá usted más éxito si, teniendo su manantial en la Patagonia, coloca usted su agua en los restaurantes caros de Manhattan, Madrid o Londres que si se limita a ofrecerla en su Pais. Que no tenemos remedio, que somos unos esnobs incorregibles. Que lo normal sería que bebiésemos, en cada sitio, el agua más cercana; pero nos volvemos locos con aguas galesas, o de las islas Fiyi. Por eso, de verdad, amigo mío… si encuentra usted agua potable en sus tierras, enhorabuena. Será usted algo mucho más importante que terrateniente: será nada menos que aguateniente.

LLAMENOS AHORA MISMO AL:

al D.F. (00) (52) (55) 31833142 / 31833143 / 21606083 / 21606053 en Guadalajara (00) (52).(33).36.19.09.16 / 14.04.02.40 / 14.04.02.41

ATENDEMOS MAS RAPIDAMENTE SU SOLICITUD POR CORREO ELECTRONICO

FACTORES CRUCIALES Y PASOS A REALIZAR PARA INVERTIR EN EL PROYECTO EN Brasil   

Antes de realizar cualquier decisión de inversión, es necesario evaluar los factores de riesgo asociados pero tomando en consideración ciertos elementos clave. Para establece un planta embotelladora de agua industrial se deben de considerar antes de arrancar los descrito a continuación:

El mercado del agua purificada y mineral es un mercado en crecimiento, pero ofrece muchos competidores.

Posicionamiento de una nueva marca. Usualmente el mayor mercado objetivo para el agua embotellado es guiado por la percepción. Si la percepción es positiva, el resultado son grandes ventas. La percepción  positiva  para los distribuidores y consumidor final puede ser resultado desde la experiencia directa del consumidor, promoción directa, medios impresos y comerciales en la televisión.   La distribución es muy importante para el éxito de la nueva marca en Brasil . El poder de la distribución más exitoso poder ser la nueva marca. La distribución estratégica pierde ser diseñada después de un exhaustivo estudio de mercado para una distribución regional o una distribución de una nación completa.   El pre lanzamiento publicitario es vital para una percepción positiva del producto, lo cual puede resultar en una gran aceptación del producto.   Cumplir con los estándares de calidad del agua de sus organismos locales y licencias desde las autoridades locales.   Disponibilidad del producto a una clase A, clase B  y clase C de compradores puede decidirse antes del lanzamiento del producto y disponibilidad puede ser persistente.

Invertir en Agua, un negocio rentable y fácil de hacer en Brasil

Invertir en agua o embotelladora abarca muchos campos interesantes en donde se puede invertir, pero las preguntas que salen a relucir son varias como por ejemplo: ¿Cuáles son las opciones que se ofrecen para invertir en agua?, ¿empresa purificadora o envasadora?, ¿es rentable si o no? Pues para responder le diremos que cualquiera de esas preguntas tiene validez y todas dan por sentado que es un negocio en el cual se puede ganar dinero. Envasadoras en Brasil.

royalties água

Recife, a cidade da água engarrafada pela pirataria, e cara

BRA^PE_JDC recife a cidade da água engarrafada

Informa o g1: As empresas da Região Metropolitana do Recife que comercializam água mineral comemoram o bom momento do setor. Com o racionamento praticado pela Companhia Pernambucana de Abastecimento (Compesa), a procura pelo produto tem sido intensa.

[Empresas que abastecem pequenos revendedores.

Em cada esquina do Recife, dois ou três pés de escada, a maioria clandestinos, que negociam com botijões de água e gás.

Portanto, é preciso diferenciar esses estabelecimentos oficiais ou clandestinos que comercializam a água nossa de cada dia.

Os pontos de drogas nas favelas não representam os grandes e milionários e intocáveis e invisíveis traficantes, que moram no exterior e no Brasil, em coberturas de edifícios à beira-mar e condomínios de luxo.

Os comerciantes da reportagem do G1 realizam um comércio para lá de lucrativo, mas são pobres coitados diante das bilionárias engarrafadoras, que ganham concessões do governo para explorar nossos aquíferos, que constituem a maior riqueza do Brasil hoje e, principalmente, no futuro.

São concessões presenteadas, dadas de graça pela Ana, prostituta respeitosa, que Lula chamou de “menina dos olhos dele”. Talvez o presidente estivesse pensando na Marquesa de Santos Rosemary Noronha – a beleza escondida pela Imprensa, a pedido dos piratas e corsários que ancoraram seus navios no porto seguro da Agência Nacional de Águas, dirigida pelo Chalaça Paulo Vieira.

As concessionárias, ou “fábricas”, vendem diretamente para a rede dos supermercados – os dez maiores são Angeloni, Mufatto, Bretas, Prezunic, Zaffari, GBarbosa, Walmart, Carrefour, Pão de Açúcar -, para as citadas empresas de comercialização, hospitais, padarias etc. E exportam para a maioria dos países, nos seis continentes do mundo]

Em um depósito de bebidas que funciona no bairro do Engenho do Meio, no Recife, os pedidos de água mineral são feitos a todo instante. As vendas cresceram: em janeiro, eram 1.500 garrafões por mês e, hoje, são 3 mil. “Normalmente, era venda para consumo, mas, hoje em dia, devido à necessidade do racionamento, a água está sendo usada na cisterna, para atender as necessidades de casa, como lavar prato e banheiros, com água mineral”, explica Francisco de Barros, dono do depósito.

[Não existe cisterna no Recife. Cisterna é coisa do Interior, para recolher água da chuva.

predio-checkup

In Wikipédia: ” Água mineral é aquela proveniente de fontes naturais ou de fontes artificialmente captadas que possua composição química ou propriedades físicas ou físico-químicas distintas das águas comuns (…). Não deve ser confundida com a água de mesa, que é uma água de composição normal, proveniente de fontes naturais ou de fontes artificialmente captadas, que preenche tão-somente as condições de potabilidade para a região.

Os diversos tipos de águas minerais são classificados segundo a composição química, origem da fonte, temperatura e gases presentes. Estes aspectos determinam a forma de uso: consumo como bebida, apenas para banhos e se são terapêutica ou não“.

 “A água está sendo usada (…), para atender as necessidades de casa, como lavar prato e banheiros”. Água abastecida por caminhões-tanque. Chamados de caminhões-pipa nas cidades interioranas – um serviço corrupto, bilionário, que enriquece os “industriais da seca” que fornicam no sofá do DNOCS.
Caminhão tanque no Recife
Caminhão-tanque no Recife para o abastecimento de água de poço
Caminhão pipa no Interior
Caminhão-pipa no Interior transporta água de rio, açude ou barreiro

Que desperdício “lavar pratos e banheiros” com água mineral!

Que luxo! o pobre recifense pobre beber água mineral.

Os efeitos medicinais são discutíveis. Que a água mineral pode causar vários tipos de doenças. Via arsênico, a diabete tipo 2. O resultado de análises físico-químicas realizadas em amostras de sete diferentes marcas de água mineral comercializadas na Região Metropolitana de Belém indicou que todas estão impróprias para consumo e não podem ser classificadas como águas minerais. Marcas pesquisadas: Belágua, Nossa Água, Mar Doce e Indaiá. Como existe monopólio, uma empresa internacional muda os nomes comerciais da água engarrafada por região, fonte, desnacionalização de uma empresa brasileira etc. O setor bancário faz o mesmo. Relembre as privatizações dos bancos estaduais.

Que luxúria o Recife tomar banho de água mineral. Nestes tempos de inflação e crise talvez fosse mais salutar tomar banho de leite à Cleopatra.

Os preços:

1 litro de leite Betânia em saco de plástico: R$ 2.50

meio litro de água mineral natural  Crystal com gás,  em garrafa de plástico: R$ 1.60

meio litro de água mineral natural Schin com gás, em garrafa de plástico: R$ 1.60

meio litro de água mineral natural Indaiá, em garrafa de plástico: R$ 1.50

Acorda Recife! você está bebendo água com preço alterado. Quanto custa um litro de álcool em um posto de gasolina?

Preços no Carrefour:

350 ml de cerveja Skol em lata: R$ 1,69

350 mll de cerveja Brahma em lata: R$ 1,39

350 ml de guaraná Antarctica, Pepsi, Soda ou Sukita, em lata: R$ 1,39. E toda água vem da mesma fonte. Repito: da mesma fonte. As empresas que fabricam  bebidas quentes e frias engarrafam a nossa água. Água que a ONU considera alimento]

Tanta procura já se reflete no preço para o consumidor, que está pagando, em média, 5% a mais pelo garrafão, independentemente do tamanho. Dependendo da marca, os que têm 20 litros de água chegam a custar R$ 8,00, a unidade.

Apesar da alta nos preços, os fornecedores estão se esforçando para dar conta dos pedidos. Em uma empresa que funciona em Paulista, no Grande Recife, 10 mil garrafões são distribuídos diariamente. Benedito Fonseca, o proprietário, conta que, de novembro a abril, a produção já cresce 20%. Este ano, por causa da estiagem e do racionamento, esse percentual foi ainda maior. “Esse ano tivemos um aumento na temperatura, uma baixa de umidade e, por conta disso, um aumento [nas vendas] superior ao período do verão do ano passado. De 20% passamos a produção para 30%”, afirma.

Com o aquecimento do setor, ganham também muitas pessoas que estavam fora do mercado de trabalho, porque vagas precisaram ser criadas. Depois de cinco anos desempregado, João Martins da Silva foi contratado em janeiro, para trabalhar na limpeza dos garrafões que vão receber a água mineral. Desde então, a vida melhorou para ele, a mulher e a filha pequena. “Quando comecei a trabalhar e recebi o primeiro salário, fiz as minhas compras, ajudei em casa, paguei conta de luz… E estou aqui até hoje”, comemora. Confira

[Em cada buraco tem vendedor de água. O entregador é sempre jovem. E usa como meio de transporte a bicicleta. Dependendo da distância: vem na peviária, sem carteira assinada, o emprego como bico, e esperando uma gorjeta cada vez mais difícil]

entregador


entregador2

Em cada botijão, com letra tipo 6, para ler com lupa, o aviso: “Não deixe exposto à luz do sol”. O prazo de validade está, também, com letras e números invisíveis. Os botijões não são descartáveis. Como não são padronizados, fica imposta uma fidelidade do consumidor a uma marca.  Uma obrigação que as multinacionais chamam de livre comércio.

 

Operação Porto Seguro. Autocensura da imprensa

A Operação Porto Seguro vai ser tratada superficialmente pela Grande Imprensa, que todos os envolvidos são protegidos das multinacionais favorecidas pela Ana (Agência Nacional de Águas) e pela Angu (Agência Nacional de Aviação Civil).

A Ana fez de Paulo Rodrigues Vieira o governador geral das ilhas do Brasil, e rei das águas tão cobiçadas pelas fábricas de bebidas fria e quente. São poderosas multinacionais donas dos nossos aquíferos – a maior e mais valorizada riqueza do Brasil, explorada pelos corsários estrangeiros. Inclusive existe uma velha notícia escondida de que o Brasil deu o Aquífero Guarani aos Estados Unidos como garantia de uma dívida jamais auditada.

Nenhum geógrafo conhece o mapa das ilhas do Brasil. Foi retirado da internet e dos livros didáticos e enciclopédias. Favorecidamente Paulo Rodrigues Vieira sabe o caminho das ilhas.

A Operação Porto Segurou apenas desencantou uma única ilha – a das Cabras. O assunto ilha é tabu. Eu tinha um blogue Ilhas do Brasil. Sofreu apagão.

Garanto que Paulo Rodrigues Vieira é figura intocável. “Imexivel” , diria o ministro Magri.

Hoje a Folha deu uma prova de como vai se comportar a imprensa. Publica uma entrevista de Rosemary Nóvoa de Noronha, ex-chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo, que negou nesta quinta-feira ter cometido tráfico de influência ou qualquer ato de corrupção.

A imprensa e a oposição queriam apenas fazer marolas golpistas com a Operação Porto Seguro. Dilma Rousseff agiu certo e rápido: demitiu toda a gangue. Não sobrou nenhuma cabeça.

Que a imprensa faça o chamado jornalismo investigativo. Lanço o desafio:

O tráfico de influência da gangue não ficou apenas nessa de nomear parentes. Favoreceu poderosas empresas. Quais?

Por que o Brasil é o maior importador de água do mundo? Água para o gado dos latifúndios. Água para os latifúndios de soja, de milho, de cana – a chamada lavoura de exportação. Trata-se de água imprestável para o consumo humano.

Falta água no mundo! A doce água doce de beber. A água de beber, camará, que sai do Brasil engarrafada para vários países.

Folha de São Paulo