Duzentos mil queimados na feira de liquidação Shopping Day das Garotas Estúpidas

Informou Ricardo Antunes:

 “Uma das empresas do grupo do publicitário [Antônio Lavareda]  foi beneficiada com uma verba de R$ 200 mil reais pela Prefeitura do Recife. A contratação foi publicada no Diário Oficial da prefeitura e feita pelo regime de dispensa de licitação ou seja sem qualquer concorrência. O objeto é um evento de moda infantil.
‘É um patrocínio para uma ação de moda para inclusão dos artistas pernambucanos’, disse o presidente da Fundação de Cultura, André Brasileiro. Ao ser indagado o motivo da contratação  da empresa para o evento Shopping Day, que trata de moda infantil”.

Precisa ficar esclarecido.

blogueira-shame

  • Jacqueline Lafloufa
  • Jacqueline Lafloufa

‘Blogueira que teria recebido 200 mil’ nao quer mais que falem do Shopping Day do Recife

Lead Assessoria, empresa que realizou no Recife a última edição do Shopping Day do blog Garotas Estúpidas, enviou uma notificação extrajudicial à blogueira Priscila Rezende, conhecida também como Blogueira Shame, solicitando a exclusão de “textos do Blog, notícias e imagens do evento” que estejam “relacionados equivocadamente à ‘Desvio de Verba Pública”, “Contrato Irregular e/ou qualquer expressão semelhante ou de conotação dúbia”. A notificação segue, requerendo inclusive que a blogueira “se abstenha de repassar a mesma notícia através de outras formas e meios de comunicação, mesmo que de titularidade de terceiros” – não pode compartilhar.

Mais uma vez as blogueiras de moda estão envolvidas em um buzz negativo! Depois do problema com os posts pagos nao identificados da Sephora, agora no Recife um evento realizado pelo Garotas Estúpidas recebeu R$ 200 mil da prefeitura do município para promover o ‘Shopping Day‘, sob o argumento de que se tratava de uma iniciativa de “fomento à moda local e apoio aos estilistas pernambucanos”. Acontece que, segundo relatos, o evento é fechado, cobra ingresso e, na verdade, não promove apoio nenhum – seria apenas um grande dia de compras, como uma liquidação de grandes marcas. Parte da comunidade blogueira está pedindo explicações ao blog, pois a impressão que fica é que o evento funcionaria como uma forma de desviar dinheiro público (!) o que é crime previsto na Constituição. A discussão pode ser acompanhada no grupo Entusiastas, a dica é do Hilário Junior.

O Shopping Day é uma superliquidação de vestimentas. E lá se foi o dinheiro da Prefeira do Recife… queimado na folclórica feira vip. Antônio Lavareda devia processar o jornal do prefeito João da Costa:

diario-oficial-garotas-estupidas

Copa do Mundo, o turismo predatório e a adultização da criança

Mauri König, em premiada reportagem, mostrou quanto o Brasil está “a mercê do turismo predatório”, com o seu lamentável universo de 250 mil prostitutas infantis. O mesmo König, que denunciou o tráfico de crianças-soldados brasileiras para o Paraguai.
Biografa o CPJ: “Em 2000,  enquanto investigava para uma série de artigos sobre o recrutamento e sequestro de crianças brasileiras para o serviço militar no Paraguai, König foi brutalmente espancado com correntes, estrangulado e largado para morrer perto da fronteira do Brasil, supostamente por três policiais paraguaios. Em 2003, foi forçado a abandonar sua pesquisa ao longo da região fronteiriça de Brasil, Paraguai e Argentina, depois de receber ameaças da policia local. Nenhum desses casos foi solucionado. Suas abrangentes investigações, nas quais expôs abusos de direitos humanos e corrupção, lhe trouxeram reconhecimento mundial e inúmeros prêmios jornalísticos, incluindo Prêmio Internacional da Liberdade de Imprensa 2012 do CPJ,  que recebeu em novembro em Nova York”.

O jornalista Mauri König após sofrer atentado no Paraguai: vida em risco para revelar o recrutamento ilegal de adolescentes brasileiros pelo serviço militar paraguaio
O jornalista Mauri König após sofrer atentado no Paraguai
Comprova König, que das cidades sedes da copa do mundo, Recife pouco investe na prevenção e no combate à exploração sexual de crianças e adolescentes.
info_gastos_infancia_sem_copa_020912
 Pobre Recife. Acontece que a Prefeitura tem dinheiro de sobra para investir em desfile de moda infantil.
Os desfiles de moda infantil e os concursos de beleza infantil promovem o consumismo, a adultização,  a erotização das crianças.
Em 17 de setembro último, menos de um mês antes de ser preso, denunciou Ricardo Antunes: “Uma das empresas do grupo do publicitário [Antônio Lavareda]  foi beneficiada com uma verba de R$ 200 mil reais pela Prefeitura do Recife. A contratação foi publicada no Diário Oficial da prefeitura e feita pelo regime de dispensa de licitação ou seja sem qualquer concorrência. O objeto é um evento de moda infantil.
‘É um patrocínio para uma ação de moda para inclusão dos artistas pernambucanos’, disse o presidente da Fundação de Cultura, André Brasileiro. Ao ser indagado o motivo da contratação  da empresa para o evento Shopping Day, que trata de moda infantil”.
Sob a rublica cultura, a prefeitura encobre inúmeras safadezas, inclusive os embalos de fins de semana, os comícios cantados superfaturados. No governo João Paulo, nos tempos que os jornalistas faziam a pergunta cretina sobre a virgindade de Sandy, a moça realizou, numa noite de uma semana natalina, um show de meio milhão de dólares.
A denúncia de Ricardo Antunes foi um dos motivos de sua prisão. Quando devia ser motivo de investigação pelas autoridades competentes.
O verdadeiro jornalista para o executivo e o judiciário de Pernambuco
O verdadeiro jornalista para o executivo e o judiciário de Pernambuco
Mauri König, que ora vive escondido dos delegados de polícia do governador Beto Rocha, se morasse no Recife já estaria morto ou preso, escreveu:
Copa do Mundo trará 500 mil turistas estrangeiros, entre eles muitos pornoturistas. Infância está vulnerável à exploração nas cidades-sedes
Quando a Copa de 2014 chegar, o Brasil terá provado ao mundo ser capaz de erguer uma dezena de odes de concreto ao esporte que o notabilizou como país do futebol. Terá estádios monumentais, mais aeroportos, metrôs e avenidas. Vai dispor para isso de R$ 27 bilhões, o equivalente a metade da economia de um ano inteiro de um país como o Paraguai, ou o Bahrein. Mas a Copa não é para todos. Uma parcela dos brasileiros já saiu perdendo, a começar pelas 170 mil pessoas ameaçadas de perder suas casas para dar lugar às obras. Há também os que ainda vão perder com a Copa, mas não sabem, e, ao contrário, pensarão estar tirando alguma vantagem.

O Brasil espera um grande movimento financeiro durante a Copa e, antes disso, com as obras de infraestrutura nas 12 cidades-sedes. Mas há uma ameaça por trás de tanta euforia: a concentração de operários nas obras, a grande movimentação de pessoas nos jogos e a circulação de dinheiro representam um risco maior às crianças socialmente vulneráveis. As redes de exploração sexual e de tráfico de seres humanos tendem a se organizar para recrutar mulheres, crianças e adolescentes para uma demanda que certamente crescerá com a vinda de mais de meio milhão de turistas, pelas estimativas do Ministério do Turismo.

Mais vulneráveis

Quem mais vai perder é uma infância já maltratada, que ficará sem Copa e sem direitos. As condições estão postas desde há muito. Durante 45 dias, a equipe da Gazeta do Povo percorreu 10.500 km pela costa brasileira, passando por Rio de Janeiro, Recife, Natal, Salvador e Fortaleza, as cinco cidades-sede da Copa onde crianças e adolescentes estão mais vulneráveis ao turismo sexual, um simulacro do turismo convencional que melhor se qualificaria como turismo predatório, pelo pouco que deixa e o muito que leva. O sexo turismo existe, ainda que governos e parte do setor turístico não o reconheçam. Leia mais

Veja vídeo

fcrianca_a_alma_do_negocio

Do Palácio das Princesas a ordem para prender Ricardo Antunes

ditadura policial

No dia 3 de outubro último, escrevia o jornalista Ricardo Antunes: “Esta semana, Lavareda jantou com o governador Eduardo Campos, e discutiu o cenário eleitoral local e de outras cidades”. No dia 5, Ricardo foi preso.

Impensável que o banqueiro, empresário e industrial Antônio Lavareda esteve em Palácio  e não conversou com o governador a prisão do seu colega de profissão.  Lavareda é bacharel em Jornalismo.

Que polícia ousa prender um jornalista no exercício da profissão sem avisar o governador? Principalmente quando esse jornalista era o único que fazia oposição ao governo. Isso num dia “D”, antevéspera das eleições municipais.

Que notícia, avaliada pela polícia em um milhão de dólares, tinha Ricardo Antunes para publicar,  e que poderia ter influência no pleito? Contra o governador Eduardo Campos? Contra o prefeito do Recife, aliado político João da Costa? Contra o candidato do governador e do prefeito o vitorioso Geraldo Júlio? Diz Lavareda que era contra ele.

Não é que aconteceu: sem querer, Ricardo Antunes noticiou a trama da sua própria prisão. Confira 

democracia apatia poder ditadura

Quem investigará se Ricardo Antunes sofre tortura?

No próximo dia 5 de dezembro,  Ricardo Antunes completará dois meses de prisão secreta em algum presídio do governo de Pernambuco. Correm diferentes boatos de tortura. As provas que a polícia tem apenas confirmam que Ricardo vinha realizando um jornalismo de oposição aos governos de Pernambuco e  prefeitura do Recife, poderes aliados e vitoriosos nas últimas eleições municipais. E como fechar um inquérito que visa trancafiar e amordaçar Ricardo Antunes até as eleições presidenciais de outubro de 2014, devendo o governador – conforme anunciou – renunciar o cargo em março?

Ricardo foi transformado no Assange do governador Eduardo Campos – o Assange  exilado no pequeno e pobre escritório da embaixada do Equador em Londres.

A Reuters (que faz propaganda para o Reino Unido)  chama Assange de “dedo duro”:

O fundador do site WikiLeaks, Julian Assange [que completa hoje 163 dias de confinamento na embaixada do Equador em Londres] minimizou as preocupações com sua saúde, dizendo que gosta de estar no meio de uma tempestade jurídica e diplomática.

Assange, de 41 anos, cujo site irritou os EUA ao divulgar milhares de documentos diplomáticos secretos, refugiou-se na embaixada para evitar ser extraditado da Grã-Bretanha para a Suécia, onde é suspeito de crimes sexuais [o estupro de duas prostitutas em uma suruba].

O Equador lhe concedeu asilo, mas ele pode ser preso se deixar o local, que tem imunidade perante as autoridades britânicas. Nesta semana, as autoridades equatorianas disseram que o ex-hacker sofre de uma doença pulmonar crônica, em decorrência do prolongado confinamento.

Vestindo terno escuro e uma camisa branca com abotoaduras prateadas no formato das letras W e L, Assange não aparentava ter problemas de saúde. [Não aparentava… coisa de olho clínico].

“O confinamento, as circunstâncias são obviamente difíceis”, foi tudo o que Assange disse ao ser questionado pela Reuters sobre sua saúde.

“Eu prefiro desfrutar do fato de ser tratado por toda essa tempestade. Só se vive uma vez, então é importante que façamos algo significativo com o nosso tempo”, disse ele. Confira aqui  

Considerado parceiro de Assange, Manning vem sofrendo torturas. Não sei se Pernambuco continua matriculando alunos para a Escola das América. 31 brasileiros estudaram nesse centro de formação de ditadores e golpistas no ano passado.

Pelos relatos, Ricardo passa pela mesma via crucis. Mas parece que a justiça decidiu criar coragem. Informa a agência EFE d’Espanha:

La jueza que lleva el caso de Bradley Manning, acusado de filtrar miles de documentos a WikiLeaks, escuchará hoy el testimonio de algunos de los responsables de la prisión de Quantico (Virginia) donde está recluido tras su detención en 2010.

La coronel Denise Lind llamará a testificar a dos de los responsables de la prisión y a miembros del equipo médico que supervisó el estado de salud de Manning, adelantaron fuentes jurídicas militares.

La nueva serie de audiencias que comienzan hoy en la base militar de Fort Meade (Maryland) y que se extenderán hasta el domingo, ha generado gran expectación ya que está previsto que por primera vez testifique el soldado, aunque no en esta primera sesión.

Manning fue detenido en mayo de 2010 en Irak, donde trabajaba como analista de inteligencia, y fue trasladado a la prisión de Quantico (Virginia), donde estuvo sometido a un régimen de vigilancia especial, que su abogado civil David Coombs ha calificado como “punitivo”.

Coombs denuncia que su cliente fue ubicado en una celda de un metro por dos metros, vigilado constantemente por un guardia, y que se le obligaba a levantarse a las cinco de la mañana y a permanecer despierto hasta las diez de la noche.

Según el abogado, no se le permitía tumbarse, ni apoyarse contra la pared y tenía que permanecer erguido en todo momento. Cuando salía de la celda era esposado de pies y manos y acompañado por dos guardas.

Además, del 29 de julio de 2010 al 10 de diciembre de ese mismo año sólo se le permitió salir al aire libre 20 minutos al día y tenía entre 3 y 5 minutos para tomar una ducha, que eran los dos únicos momentos del día en los que salía de la celda.

El abogado denuncia además que los guardas tenían que verificar constantemente que Manning se encontraba bien y si por la noche se cubría y no podían verle le despertaban, además, no se apagaban todas las luces.

Para que no se autolesionara sólo se le permitía comer con una cuchara y se le servían todas las comidas solo en su celda para evitar el contacto con otros reclusos, con los que además se le prohibió hablar.

Manning, de 24 años, está acusado de transferir miles de documentos clasificados a la red WikiLeaks

Terrorismo eleitoral: Polícia do governador Eduardo Campos mantém jornalista preso desde a antevéspera do primeiro turno

O temor do Brasil. Na antevéspera das eleições do primeiro turno, o governo de Pernambuco prendeu o único jornalista que fazia oposição. Que estava a revelar os bastidores da campanha eleitoral, dos conchavos do governador Eduardo Campos com o prefeito petista do Recife João da Costa. Isso facilitou derrotar o candidato oficial do PT senador Humberto Costa, que tinha outro petista histórico como vice: o ex-prefeito e deputado federal João Paulo do PT de Lula.

Eduardo Campos devastou doze anos de mando petista no Recife, elegendo fácil seu candidato Geraldo Júlio logo no primeiro turno. Uma inesperada conquista que abriu caminho para outras vitórias neste segundo turno, e o lançamento não oficial de uma candidatura a presidente. Eduardo Campos já avisou que não tem vocação para vice, e que vai deixar o Palácio das Princesas em março de 2014. Não se sabe se vai disputar a presidência já ou em 2018.

O jornalista Ricardo Antunes continua em presídio de segurança máxima, incomunicável, proibido de receber visitas, ler jornais e escrever. A última matéria escrita no seu blogue é de 5 de outubro, dia de sua secreta prisão.

No dia 3, Ricardo Antunes escreveu: “Essa semana, Lavareda, jantou com o governador Eduardo Campos e discutiu o cenário eleitoral local e de outras cidades”.

Os dois não conversaram a prisão de Ricardo… (quem acredita?). No dia 5, a polícia conseguiu o feito de publicar na imprensa pernambucana e nacional o seguinte release: “O jornalista pernambucano Ricardo Antunes, 51 anos, foi preso pela Polícia Civil de Pernambuco, nesta sexta-feira (5), por volta das 15h30 . Ele é acusado de tentar extorquir o cientista político e marqueteiro Antônio Lavareda.

Segundo a assessoria de imprensa da Civil, o blog Leitura Crítica, assinado pelo jornalista, vinha publicando matérias ofensivas contra o marqueteiro. Ele teria exigido R$ 2 milhões para deixar de produzir as matérias. Foi quando a vítima procurou a polícia.

Eles marcaram um encontro no escritório do cientista político, na Ilha do Leite, no Recife, na tarde desta sexta, para efetuar a primeira parte do valor. Neste momento, foi dada voz de prisão ao jornalista.

O jornalista foi autuado em flagrante no Grupo de Operações Especiais (GOE) e deve ser encaminhado ainda esta noite para o Centro de Observação e Triagem Dr. Everardo Luna (Cotel)”.

Esta a “verdade” única e última. Fica valendo o precedente como legenda de terror. O Chile publica hoje a manchete a baixo:

Jornalista Ricardo Antunes preso e censurado pela polícia do Imperador

Talvez esta manchete global explique a prisão de Ricardo Antunes, que apelidou o governador Eduardo Campos de “Imperador“.

Para o bem ou para o mal, Ricardo Antunes é o único jornalista pernambucano não controlado pelo esquema do Palácio das Princesas e Antônio Lavareda.

Escreveu Ricardo sobre as eleições municipais que fortaleram a candidatura do governador de Pernambuco a presidente:

“O governo de Eduardo também tem as suas falhas – pouco exploradas por uma oposição capenga, mas tem. Quanto ao PT, o auge do julgamento do mensalão e o descarte autoritário de João da Costa da disputa tendem a diminuir as chances da continuidade do partido no poder no Recife. Suprema humilhação, quem diria para um PT, que teve medo de confrontar com o imperador e deverá ser varrido do mapa eleitoral de Pernambuco por ele.

Com o Império acusando o golpe e o PT em baque previsível, a campanha vai ser dura. Tirem as crianças da sala”.

Também tiraram Ricardo Antunes das eleições. Amordaçado e proibido de escrever, Ricardo Antunes foi preso na antevéspera do pleito.

(Continua)

As Salomés da imprensa

Quem mandou prender o jornalista Ricardo Antunes? Coisa da polícia do governador de Pernambuco ou algum juiz? Falam de imeios, telefonemas e gravações tipo Cachoeira. Este rastro de pistas revela um aprendiz de bandido.

Escreve Marco Bahé do Acerto de Contas: “Poucas semanas depois do início da ‘colaboração’ de Ricardo Antunes, começamos a receber telefonemas de várias pessoas reclamando da forma de atuar do repórter. E mais que isso. Pelo menos um deputado federal, um senador e um secretário de Estado nos ligaram para falar de ‘pedidos estranhos’ de Antunes.

Fizemos o que podia ser feito. Por precaução, passamos a recusar os textos do jornalista, que chegou a nos acusar de censura, em um email agressivo enviado a Pierre. Ricardo Antunes, então, decidiu abrir seu próprio blog, o Leitura Crítica.

Há algumas semanas, Pierre foi procurado por um amigo que trabalha com Lavareda. Ele perguntou se Ricardo Antunes ainda tinha alguma ligação com o Acerto de Contas. Pierre disse que não, que o blog cancelou qualquer participação dele por causa de suspeitas de sua conduta ética, após várias queixas. O interlocutor, então, contou que Lavareda estaria sendo extorquido por Antunes. Falou que havia provas disso (emails).

Preocupado, Pierre me ligou na hora. Infelizmente, sei que esse tipo de conduta não é rara entre meus colegas de profissão. Há os que ‘pedem’  favores/dinheiro em troca de notícias e há os pequenos ‘mimos’, como viagens, presentes etc. É triste, mas a pura verdade. Sabedor disso, falei a Pierre (que é amigo de Lavareda) que aconselhasse a vítima a fazer a única coisa correta numa situação destas: comunicar formalmente à polícia, apresentando as provas. Isso é necessário para que tentemos acabar com esse tipo de prática no jornalismo (e em qualquer outra profissão).

Pelo jeito Lavareda seguiu o conselho. E o resto da história vocês já sabem.

Depois da prisão, recebi várias ligações de supostas vítimas de extorsões atribuídas a Antunes e de pessoas conhecedoras de outros casos. Na imensa lista de vítimas que me passaram, estão desde o atual prefeito do Recife até advogados, empresários e políticos em geral. Alguns pagaram para se livrar da perseguição. Outros se recusaram e viram seus nomes jogados na lama, com textos e acusações não necessariamente verdadeiros.

Bem, é isso. Diante da gangrena, o único jeito é a amputação”.

Por que amputação? Fui diretor de vários jornais (diários e semanários) e recebi vários pedidos de cabeça de jornalistas em bandeja de prata. Para as Salomés – governadores, prefeitos, secretários de Estado e deputados e outros poderosos do dia – sempre tive a mesma atitude: Publico sua defesa. Mas a maioria das ‘vítimas’ preferia o silêncio, o esquecimento.

Todo começo e final de eleições no Brasil as redações dos meios de comunicação de massa sofrem expurgos, com o arrumadinho de novos chefes e chefetes.

“Há os que ‘pedem’  favores/dinheiro em troca de notícias e há os pequenos ‘mimos’, como viagens, presentes etc”. Estas almas sebosas existem. São os jornalistas cordeirinhos, baba-ovos, escribas do rei, bajuladores do patrão etc. Os favores e dinheiro são retirados dos cofres públicos, do caixa 2 de empresas e partidos políticos. Temos o corruptor e jornalista corrompido.

Defendo o jornalismo opinativo. Toda vez que um jornal seleciona uma notícia assume um posicionamento.

No blogue de Luis Nassif, escreve Sílvio B Campello: “O fato de tentar extorsão também não anula os fatos nos quais ela se baseia. É sempre bom lembrar que num caso de roubo de gado, o ladrão é ladrão e o boi é boi. Perde a credibilidade da denúncia, mas os fatos originadores da denúncia, se existem, não deixam de ter valor para a discussão da Realidade. Lamentável a tentativa de extorquir dinheiro através de influência jornalística, prática aliás presente permanentemente em nossa mídia. Mesmo quando revestida de reportagens sobre a inadequação dos livros didáticos e que tais. Mas há razões e fatos por trás da extorsão que levantaram muitas questões em Recife. Lavareda vem dando consultoria a PCR do atual preterido prefeito João da Costa. A quem se acusa de trabalhar contra a candidatura do PT por ter sido proibido pelo Diretório Nacional de concorrer à reeleição. Uma semana depois de Lavareda fechar apoio à campanha do candidato do governador Eduardo Campos (PSB), empresa de sua esposa foi contratada pela prefeitura do Recife sem licitação para promover um mostra de Moda em um shopping da cidade por 200 mil. Não há justificativa razoável para a dispensa. Nem o evento é relevante para receber doação da prefeitura. É bastante suspeito e teve grande repercussão nas redes sociais. A repercussão ocorreu a partir de matérias do jornalista preso. Não é preciso muito para se comprovar a dispensa, cópia do ato administrativo está circulando na rede. O jornalista aparentemente gostou e ‘precificou’ um valor razoável para provavelmente soltar novas matérias que iriam diminuir a repercussão. A mim parece que havia mais de um grupo de ladrões tentando roubar o gado, mas os bois continuaram sendo bois, independente do número de ladrões no pasto”.

Por que manter Ricardo Antunes preso? Não acredito em extorsão para ser paga em 30 prestações durante três anos. O costume é pagar tudo de uma vez como acontece nos sequestros.

Quais foram os reais motivos: que as vítimas revelem os imeios e telefonemas. Que a espionagem da polícia divulgue as gravações. É mais verossímil que Antônio Lavareda tenha pago 50 mil reais para Ricardo Antunes ficar calado.

Antônio Lavareda por Ricardo Antunes: “Milionário em apenas 15 anos, Antônio Lavareda construiu uma história de sucesso no meio político e empresarial. É proprietário de um banco, três agências de propaganda, uma empresa de pesquisa de opinião pública e duas empresas de construção civil e do setor imobiliário”.

Ricardo Antunes pelo “Leitura Crítica”: “Jornalista com especialização em jornalismo político pela UNB – Universidade de Brasília e pós-graduação na Universidade de Georgetown em Washington D.C. (EUA). Foi repórter dos principais jornais de Pernambuco e Brasília, tendo dirigido a sucursal do Jornal do Commercio na capital federal. Consultor de várias empresas públicas e privadas, se tornou especialista em comunicação de negócios e colaborador da Revista Brasileiros (SP) do jornalista e ex-ministro Ricardo Kostcho. Faz parte da Associação de Jornalistas Investigativos. Será o colunista de política do portal comentando e analisando os principais fatos que vão marcar o ano eleitoral em todo o Brasil”.

Este projeto de “analisar os principais fatos que vão marcar o ano eleitoral”, para o bem e para o mal, foi interrompido pelo governador Eduardo Campos, candidato a presidente.