DESAPARECE A MULHER MAIS RICA DO BRASIL, “HERDEIRA” DE UMA EMPREITEIRA-CONSTRUTORA

por Helio Fernandes

Já escrevi várias vezes sobre essa herança de 13 BILHÕES de reais, vou me despedir do assunto. Essas empreiteiras-construtoras, desde o tempo de JK, são as mesmas, acumulando fortunas. Mas se julgam e se proclamam generosas, garantem: “Trabalhamos para o Brasil, ganhamos dinheiro lá fora, criamos emprego aqui”.

Essas empresas estiveram sempre envolvidas em acusações enormes, mas enriqueceram despudoradamente, com proteção divina do Planalto. Quantas fortunas foram construídas com Brasília? JK, Sarney e Lula, protetores desses empreiteiros. Menos FHC, ele não construiu, só D-O-O-U.

luto luxo rico

A desculpa de sempre: o crime tem tudo demais

Numa sociedade capitalista o dinheiro patrocina as ações. A melhor pista ainda é o dinheiro. Mas o dinheiro do crime mais organizado, com mais poder de fogo, com tecnologia de vanguarda e outras vantagens mil, nunca aparece. Dinheiro encantado. E o dono do dinheiro sempre invisível.

BRA^MG_EDM obras inacabadasBRA_OP a desculpa de q o crime usa a tecnologias avançadas. E a polícia cada vez mais burraBRA_ZH barbabe3

Comprou de quem?
Comprou de quem?

BRA_DC Santa Catarina depois de uma semana incendiada pelo terrorismo voltou a ser a cidada pacífica de sempre. Não dá para entenderBRA_ZH crime mais sofisticado. Qual? O das favelas?BRA_AGAZ justiça que se escondebr_diario_comercio.coca poupança inflaçãoautoridades brasileiras vicinas em propina

br_extra. milícia

Brasil, país do nióbio. E da corrupção

Esta circulando da internet.
Diabo que acredito.

Só no Brasil a nova ponte do Rio Guaíba não é o caminho mais curto entre o Ministério dos Transportes e a penitenciária…

O governo da China inaugurou, este mês, a ponte da Baía de Jiaodhou, que liga o porto de Qingdao à ilha de Huangdao.
Construída em quatro anos, o colosso sobre o mar tem 42 quilômetros de extensão e custou o equivalente a R$ 2,4 bilhões.

Há uma semana, o DNIT escolheu o projeto da nova ponte do Guaíba, em Ponte Alegre, uma das mais vistosas promessas da candidata Dilma Rousseff. Confiado ao Ministério dos Transportes, o colosso sobre o rio deverá ficar pronto em quatro anos. Com 2,9 quilômetros de extensão, vai engolir R$ 1,16 bilhões.

Intrigado, o matemático gaúcho Gilberto Flach resolveu estabelecer algumas comparações entre a ponte do Guaíba e a chinesa. Na edição desta segunda-feira, o jornal Zero Hora publicou o espantoso confronto numérico resumido no quadro abaixo:

Os números informam que, se o Guaíba ficasse na China, a obra seria concluída em 102 dias, ao preço de R$ 170 milhões.

Se a baía de Jiadhou ficasse no Brasil, a ponte não teria prazo para terminar, e seria calculada em trilhões.

Como o Ministério dos Transportes está arrendado ao PR (Partido da República), financiado por propinas, barganhas e permutas ilegais, o País do Nióbio, abriga o partido mais rico do mundo.

Depois de ter ordenado o afastamento dos “oficiais”, aí incluído o “coronel” do DNIT, Dilma Rousseff parece decidida a preservar o “general”:

Corruptos existem em qualquer lugar. A diferença é que o Brasil institucionalizou a impunidade. Com a conivência de uma justiça PPV. Quem sejam cortadas as mãos das autoridades “competentes”envolvidas, dos lobistas, dos proprietários dos empresários que pagam as propinas.

Em tempo: ontem foi divulgado nos principais telejornais, a meteórica trajetória empresarial do filho do ex-ministro Alfredo Nascimento. Em 2009, aos 25 anos, funda uma empreiteira, com capital social de R$ 60.000,00; atualmente, sua empresa tem ativos da ordem de R$ 52.000.000,00…

Até quando?