Os bundas-moles e as bundas-de-ouro

BRA_NOTA bundas

A capa de hoje do Notícia Agora apresenta as bundas de tanajura, e prepara os leitores para o Carnaval e para o BBBrazil. A Play Boy faz até concurso

playbol concurso

As clínicas faturam com implantes.

silicone-no-bumbum

Preferencia-Nacional bunda e peitos

O brasileiro só pensa nisso. Dizem que andar para trás faz bem. Escreve Carolina Cagno, na revista Boa Forma:”Caminhar de costas é tendência no mundo fitness, mas será que vale a pena? ‘Como o movimento não é natural, o corpo precisa se esforçar para se adaptar, o que aumenta a queima calórica’, fala o personal trainer Márcio Atalla, do Rio de Janeiro. Em um estudo da Universidade de Nevada, nos Estados Unidos, atletas que andaram de costas na esteira três vezes por semana por 15 minutos notaram menos dor na lombar. ‘A técnica ajuda mesmo, porque oferece menos impacto’, explica Atalla. Mas a novidade pede cuidados: comece devagar, alternando com a caminhada normal, e aumente o tempo e a velocidade à medida que ganhar confiança – a mesma regra vale para o exercício no transport, que também permite o movimento para trás. Na rua, escolha um lugar calmo para evitar trombadas. Na esteira, concentre-se para não perder o equilíbrio”.

Eike Batista revelou que possui uma “bundinha de ouro”. Que lhe fez bilionário. Menos de um por cento dos brasileiros tem a sorte do dono da Eikelândia e rei do Rio. Está comprando tudo. Até o Maracanã.

O Brasil anda para trás.

Fernando Henrique privatizou mais de 70 por cento das estatais (fatiou e mudou o nome da Petrobras). A crise continuou com Lula, que também desestatizou. Se Dilma bater o martelo nas privatizações anunciadas, sinal de que o país continua com o pibinho baixo.

BRA^PA_DDP mal de chagas tatuagem

Significa que o povo também anda para trás. É o Brasil da peste (dengue, malária, tuberculose, mal de chagas, febre amarela), da fome, da guerra interna das milícias (paramilitares). De um povo que precisa deixar de ser bunda-mole e bunda-suja.

mosquito pica

Apatia nossa virou uma arte de levar um pé na bunda dos governos que nunca fizeram nada que preste para o povo.
apatia pobreza indignados