OPERAÇÃO CONDOR

por Talis Andrade

 

 

Herzog torturado. Desconheço a autoria deste excelente quadro que ilustra o cartaz do Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog

1

Em uma ceia demoníaca
os generais do Cone Sul
aprovaram a Operação Con
dor cujas asas agourentas
selam a noite com chumbo

O conúbio dos generais
arranca do calor dos lares
artistas e intelectuais
para os interrogatórios imbecis
de cegos vampiros
as cabeças lavadas
nas apostilas da CIA
os cérebros curetados
pelas palavras-ônibus
dos pastores eletrônicos

2

Em sombrios porões
os massagistas atestam
os instrumentos de suplício
os massagistas adestram
os toques de fogo
arrancando unhas e gritos
espicaçando as últimas palavras
os nomes e codinomes
de um exército de fantasmas
um exército apenas existente
nas doentias mentes dos agentes

3

Em refrigerados gabinetes
os técnicos em interrogatórios
e informações estratégicas
trabalham noite e dia
na burocracia cívica
de selecionar os copiosos
relatórios dos espias
decifrar os depoimentos
tomados sob tortura
depoimentos escarnificados
na escuridão dos cárceres
depoimentos cantados
no limiar do medo
confissões soluçadas
nas convulsões da morte

O povo contra a corrupção: FICHA LIMPA JÁ É LEI

Para pegar ladrão rico o Brasil não tem quase nenhuma lei.
Podemos contar nos dedos de uma única mão.

O fim do cheque ao portador. No governo Fernando Collor.
Ficha Limpa. Projeto do povo, aprovado na Câmara dos Deputados e no Senado, que o presidente Lula da Silva sancionou. Com um inexplicável e espantoso porém: A absolutista e suprema justiça rejeita.

A presidenta Dilma Rousseff tomou a decisão certa:

acabar com a multiplicação das ONGs. Existem pra lá de 400 mil. Agora precisa caçar outros fantasmas

Quantos sindicatos existem no Brasil?
Quanto mais sindicatos, mais fatura uma central sindical.
As centrais sindicais são duas ou três ou quatro ou cinco ou seis?
Essas centrais, além de parir sindicatos e federações, criam ONGs, fundações, institutos & outros mal-assombros.