Quando a justiça vai realizar um mutirão contra a corrupção?

Ceará. Roubam tudo. Dentro das repartições públicas, servidores matam na briga pelas botijas. E matam o povo. Não se faz nada que preste para o povo. Falta dinheiro. Dinheiro que foi desviado
Ceará. Roubam tudo. Dentro das repartições públicas, servidores matam na briga pelas botijas. E matam o povo. Não se faz nada que preste para o povo. Falta dinheiro. Dinheiro que foi desviado

BRA^SP_AC buraco ribeirão corrupçãoBRA_AG fiscais corrupção propinacorreio_braziliense. dinheiro para a corrupçãodiario_cuiaba. corrupção

Anúncios

Delta e Cachoeira. ÚLTIMA DENÚNCIA DO JORNALISTA VALÉRIO LUIZ ABATIDO EM GOIÂNIA: A PISTA PROFISSIONAL EQUACIONADA

 

Comentarista esportivo da estação privada Rádio Jornal 820 AMValério Luiz de Oliveira, de 49 anos, foi morto a tiros na tarde do dia 5 de julho de 2012 em Goiânia, capital do estado de Goiás. Este assassinato eleva para quatro o número de jornalistas mortos desde o início do ano em crimes vinculados de forma asseverada ou provável com suas atividades profissionais.

“Enviamos à família e colegas de Valério Luiz a nossa mais sincera simpatia, e esperamos que este caso possa ser rapidamente elucidado. A pista profissional é seriamente equacionada pelos investigadores, tendo em conta as ameaças que a vítima havia alegadamente recebido. Embora o número de jornalistas brasileiros assassinados nesses últimos meses seja tragicamente elevado, temos que reconhecer os esforços das autoridades para fazer justiça, como no recente caso de Décio Sá”, declarou Repórteres sem Fronteiras. Leia mais em Repórteres Sem Fronteiras 

Vídeo polêmico

Durante o programa “Mais Esportes”, exibido na PUC TV Goiás no último dia 17 de junho, Valério fez duras críticas aos dirigentes do clube e disse que o time de futebol recebia dinheiro do grupo do contraventor Carlinhos Cachoeira.

“Adson Batista deu prejuízo astronômico ao Atlético este ano. São R$ 500 mil em quatro jogadores que não jogam. O Atlético não tem torcida, não tem renda”, atacou.

Ele ainda falou do financiamento do clube: “Uns patrocinadores tenebrosos que caíram em escândalo, como a Delta. Muita gente dizia que tinha até dinheiro de Cachoeira correndo lá dentro. A única influência política que tem é de Valdivino de Oliveira, o resto não botou nenhum centavo”. Veja vídeo 

CPI do Cachoeira

A CPI do Cachoeira precisa investigar as denúncias. Já!

Você já foi vítima da corrupção? Con certeza. Confira

No País que não se faz nada que preste para o povo. E tudo de maléfico. O que espanta é a resignação do povo. A indiferença das igrejas. A apatia dos jovens.

Leonardo Boff

Segundo a Transparência Internacional, o Brasil comparece como um dos países mais corruptos do mundo. Sobre 91 analisados, ocupa o 69% lugar. Aqui ela é histórica, foi naturalizada, vale dizer, considerada com um dado natural, é atacada só posteriormente quando já ocorreu e tiver atingido muitos milhões de reais e goza de ampla impunidade. Os dados são estarrecedores: segundo a Fiesp (Federação das Indústrias de São Paulo), anualmente, ela representa 84.5 bilhões de reais.
Se esse montante fosse aplicado na saúde subiriam em 89% o número de leitos nos hospitais; se na educação, poder-se-iam abrir 16 milhões de novas vagas nas escolas; se na construção civil, poder-se-iam construir 1,5 milhões de casas.Só estes dados denunciam a gravidade do crime contra a sociedade que a corrupção representa. Se vivessem na China muitos corruptos acabariam na forca por crime contra a economia popular.
Todos os dias, mais e mais fatos são denunciados como agora com o contraventor Carlinhos Cachoeira que para garantir seus negócios infiltrou-se corrompendo gente do mundo político, policial e até governamental. Mas não adianta rir nem chorar.Importa compreender este perverso processo criminoso.Leia mais 

O Brasil tem 3,8 milhões de crianças e jovens fora da escola, conforme dados divulgados pelo movimento Todos Pela Educação (TPE).
“Esses 3,8 milhões de crianças e jovens fora da escola excede a população do Uruguai. É uma população mais difícil de incluir porque são aqueles que estão no campo, em favelas, bairros muito pobres”, comentou a diretora executiva do TPE, Priscila Cruz.

O Estado que menos atende, com 85%, é o Acre. Em seguida vêm o Amazonas (85,5%), Roraima (86,9%), Pará (88,7%), Amapá (88,9%), Rio Grande do Sul (89,1%) e Goiás (89,9%). O País também não atingiu a meta do TPE de toda criança estar alfabetizada até os 8 anos de idade, que, para 2010, era de 80% do aprendizado esperado até o final do 3º ano. Conforme dados da ProvaABC, aplicada em 2011, em escrita a média nacional foi de 53,3%, em matemática 42,8% e em leitura 56,1%.

Uma vergonha que o Rio Grande do Sul faça parte de tão cruel  estatística.

A Federação Brasileira de Hospitais destacou o comentário do ex-jogador Romário, agora deputado federal, que declarou, ao contrário do que se propala, a Copa do Mundo custará para os cofres públicos a importância de mais de R$ 100 bilhões.

Todas as estimativas de custos para a Copa do Mundo já foram superadas, nada do que foi calculado é exato, tudo custará muito mais caro do que foi orçado.

Com 20% do que os cofres públicos vão gastar com a Copa do Mundo, poderíamos solucionar todos os problemas de saúde brasileiros.

Como é que um país de tantas lacunas no seu sistema de saúde e com 76% das suas estradas esburacadas, sem esgotos para a maioria de seu povo, pode se dar ao luxo de instalar uma Copa do Mundo?

Calça de veludo e bumbum de fora.

Esse dinheiro que será miseravelmente desperdiçado na Copa do Mundo, sem falar no superfaturamento lógico e fatal, pertence ao povo brasileiro. O povo brasileiro tinha de designar o seu fim. E certamente não seria para a frivolidade de uma Copa do Mundo.

Não sei onde é que vamos parar com essa loucura social.

Tínhamos que empregar todas as nossas verbas para solucionar os nossos mais dramáticos problemas e mudamos de assunto: inventamos a realização de uma Copa do Mundo e de uma Olimpíada que a nada nos levam, que tinham de ser levadas a efeito em países ricos, jamais num Brasil que não dispõe de leitos hospitalares para seus filhos nem presídios minimamente decentes para seus delinquentes.

Isto é um deboche. Um escárnio.

Mas muita gente respeitável apoia. (Jornal Zero Hora)

Temos assim corrupção + esbanjamento de dinheiro com coisas desnecessárias, fúteis, ostentação gaiata de ser a sexta ou a quinta potência do mundo.

Quantos brasileiros morrem, diariamente, por falta de socorro médico, nas capitais, que centenas e centenas de cidades interioranas não possuem nenhum leito hospitalar?

Cem milhões de indivíduos têm um rendimento mensal máximo de 270 reais, que não passam dos 130 dólares para os menos miseráveis. Quem se preocupa como reside e o que come essas manadas de bichos – metade da população – que chamamos de brasileiros?

Para realizar a Copa do Mundo em 1950, o Brasil construiu o Maracanã, era presidente do Brasil o general Gaspar Dutra. O Maracanã hoje é propriedade de Eike Batista, que comprou por alguns tostões. Quanto custa o Maracanã, que vai ganhar um imenso terreno para estacionamento, considerando apenas o terreno?

Não esquecer que em 1950 havia estabilidade no emprego, cassada em 1964 pelo marechal Castelo Branco. Hoje não existe mais emprego fixo.

Que vai acontecer com o Brasil depois de 2014? O que padece hoje a África do Sul para pagar as dívidas da Copa do Mundo.

O que vai acontecer com o Brasil depois da Olimpíada de 2016? A crise que atormenta hoje a Grécia. Uma crise que tem efeito dominó aqui. E olha que a Olimpíada da Grécia aconteceu em 2004.

A VEZ DO SUPREMO

por Carlos Chagas

Apesar de certa apreensão na sociedade civil, tudo leva a crer que o Supremo Tribunal Federal confirmará a validade da Lei Ficha Limpa, integralmente, para as eleições do ano que vem. Fica difícil imaginar a mais alta corte nacional de Justiça erigindo obstáculos para a aplicação da lei capaz de afastar senão todos, mas muitos corruptos do caminho das urnas.

Os corruptos da saúde matam

Sem contar os que morrem sem receber socorro médico nas filas dos Sus. Sem contar os que morrem por causa desconhecida. Sem contar os que morrem por erro médico. O sucatado e corrupto sistema de saúde brasileiro trucida. Chacina. Mais de cem mil brasileiros morrem, por ano, de infecção hospitalar. A estatística oficial sempre minimiza seus crimes. Isso é um holocausto. A bomba de Hiroshima matou 140 mil pessoas.