Tucanos do Paraná, que censuram blogueiros, convidam Yone Sanhéz para discursar na Assembleia Legislativa

Rossoni faz espuma ao convidar blogueira cubana; presidente da Assembleia omite censurados pelos tucanos no Paraná.

Presidente da Assembléia omite censurados pelos tucanos no Paraná.
Dois pesos, duas medidas. A demagogia não tem limites no Paraná. Veja essa, caro leitor.
O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Valdir Rossoni, presidente estadual em exercício do PSDB, reafirmou nesta quarta-feira (20) que a Casa está aberta para que a blogueira cubana Yoani Sanchéz possa utilizar a tribuna do Legislativo e falar sobre as dificuldades e a falta de liberdade de expressão no seu país.
Rossoni não precisa viajar muito longe para encontrar blogueiros censurados. Nas eleições de 2010, por exemplo, o partido dele censurou blogueiros, jornalistas, ativistas virtuais no Twitter e Facebook, pesquisas eleitorais, revistas, jornais, portais de notícias, dentre outros que tinham opinião contrária ao então candidato a governador Beto Richa (PSDB).
Sugiro ao menos quatro nomes censurados pelos tucanos para ocupar a mesma tribuna da Assembléia: Tarso Violin Cabral (Blog do Tarso), Maurício Betti (publicitário), Thea Tavares (Blog Lado B) e Luiz Skora (Polaco Doido).
Segundo o chefe do Poder Legislativo, o contato e o convite já estão sendo feitos à cubana.
“É um convite para que ela venha nos contar sobre o seu país. Até porque temos visto que ela está com muita dificuldade para falar com a população. E aqui ela teria toda a liberdade para se manifestar na tribuna da Casa e também pela TV Sinal”, disse.
O diabo é que há vários blogueiros e ativistas virtuais sedentos para utilizar o “Grande Expediente” para falar sobre a censura dos tucanos aqui no Paraná.

Assembléia do Paraná tem ladrões

por Márcio Nikoska

A Justiça Estadual do Paraná suspendeu os dois processos criminais contra o ex-diretor-geral da Assembleia Legislativa Abib Miguel, o Bibinho, acusado de chefiar uma quadrilha que desviou pelo menos R$ 200 milhões dos cofres públicos. A juíza Ângela Regina Ramina de Lucca, da 9.ª Vara Criminal de Curitiba, acatou o pedido da defesa de Bibinho, que alega que seu cliente está com distúrbios psiquiátricos.

A juíza tomou a decisão com base em um laudo pericial apresentado pelos advogados de Bi­­­binho, no qual o ex-diretor da Assembleia é diagnosticado com “distúrbios psicopatológicos dentro das funções mentais” e que, portanto, estaria sem capacidade para responder aos processos.

Diante do laudo, a juíza instaurou o que tecnicamente se chama “incidente de insanidade mental” – termo que indica que Bibinho não está com saúde para responder aos processos. A magistrada estipulou prazo de 45 dias para que seja feito um exame ou perícia médica legal para confirmar o quadro psiquiátrico de Bibinho. Como a decisão é de 29 de agosto, o prazo termina ainda neste mês.

Caso Bibinho seja considerado incapaz, a juíza poderá suspender os processos até que ele se recupere ou então determinar a internação do ex-diretor num manicômio psiquiátrico e nomear um curador – pessoa que responderia judicialmente no lugar de Abib Miguel.

Lei mais. É isso mesmo! todo corrupto é doido por dinheiro. Quando dá a louca neles, colocam dinheiro na cueca, nas meias, nos lugares mais improváveis. Mas doido mesmo, de verdade, é aquele que rasga dinheiro, diz o povo. Talvez a juíza Ângela viu o dinheiro rasgado.