CONTRATEMPO

O jornaleiro

por Talis Andrade

Meu passado
o ali do matuto
Meu futuro
fica bem aqui
um tempo curto
que não curto

O ali onde tudo
é distante
a casa
a água da fonte
o campo de pastoreio

Ver o post original

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s