Delcídio Amaral, a delação não premiada. “Michel Temer muito preocupado”

O senador Delcídio Amaral foi preso por oferecer um habeas corpus e fuga para o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró para que ele não fechasse acordo de delação premiada na ditadura do judiciário na república do Galeão do Paraná.

Informa o Globo: A Procuradoria-Geral da República relatou que Delcídio prometeu a Cerveró influir em julgamentos no STF para ajudá-lo. O senador disse:

“Eu acho que nós temos que centrar fogo no STF agora, eu conversei com o Teori [Zavascki], conversei com o [Dias] Toffoli, pedi para o Toffoli conversar com o Gilmar [Mendes], o Michel [Temer] conversou com o Gilmar também, porque o Michel tá muito preocupado com o [Jorge] Zelada, e eu vou conversar com o Gilmar também.

É preocupante a situação de Renan [Calheiros, presidente do Senado]”.

Essas cantadas realmente existiram? As autoridades citadas devem explicações mais convicentes. Para existir tais diálogos é preciso o quê?

O ministro Teori já deu sua resposta. Mandou prender Delcídio.

 

 

Anúncios

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s