Urariano Mota: Dilma e a seca humana em Cabrobó

 

DCIM100MEDIA

Clique para ampliar
Clique para ampliar

O jornalista e escritor pernambucano Urariano Mota, em sua coluna Prosa, Poesia e Política, fala sobre a chegada de água com as obras de transposição do Rio São Francisco numa das regiões mais secas do Brasil, Cabrobó (PE). Urariano também questiona a postura da grande mídia que não faz a cobertura que deveria para um acontecimento desse porte.

“E ninguém fez (o combate à seca), desde o império, desde as lagrimas de crocodilo choradas pelo ditador Médici, quando visitou o Nordeste na seca. Mas por enquanto, até esta hora, Dilma não apareceu na notícia nem as obras existem. Que venham as águas para distribuir a verdade”, disse o escritor.

Clique para ampliar
Clique para ampliar

DCIM102GOPRO

Ouça Urariano Mota

Anúncios

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Um comentário em “Urariano Mota: Dilma e a seca humana em Cabrobó”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s