Urariano Mota: Dilma e a seca humana em Cabrobó

 

DCIM100MEDIA

Clique para ampliar
Clique para ampliar

O jornalista e escritor pernambucano Urariano Mota, em sua coluna Prosa, Poesia e Política, fala sobre a chegada de água com as obras de transposição do Rio São Francisco numa das regiões mais secas do Brasil, Cabrobó (PE). Urariano também questiona a postura da grande mídia que não faz a cobertura que deveria para um acontecimento desse porte.

“E ninguém fez (o combate à seca), desde o império, desde as lagrimas de crocodilo choradas pelo ditador Médici, quando visitou o Nordeste na seca. Mas por enquanto, até esta hora, Dilma não apareceu na notícia nem as obras existem. Que venham as águas para distribuir a verdade”, disse o escritor.

Clique para ampliar
Clique para ampliar

DCIM102GOPRO

Ouça Urariano Mota

Anúncios

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s