Mais transparência para os cofres das Varas da Justiça

Bandido togado
Bandido togado

 

O juiz federal Flávio Roberto de Souza – afastado do cargo e do processo em que o empresário Eike Batista é réu – confessou ter desviado mais de R$ 1 milhão de dinheiro apreendido pelo Tribunal Regional Federal. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (12) pelo Ministério Público Federal do Rio de Janeiro, que investiga o magistrado pelos crimes de peculato, subtração de autos, fraude processual e lavagem de dinheiro.

Segundo o MPF, que teve seu pedido de prisão preventiva negado pela Justiça Federal, o juiz disse ter tirado dos cofres da 3ª Vara Criminal do TRF 108 mil euros e US$ 150 mil em espécie – o equivalente a R$ 835 mil. A declaração teria sido feita durante a auditoria da corregedoria do TRF, iniciada após o juiz ser flagrado dirigindo o Porshe de Eike apreendido durante processo por crimes financeiros.

Flávio Roberto de Souza ainda teria proferido decisões para desviar outros R$ 290 mil depositados na Caixa Econômica Federal. Os valores do desvio, somados, chegam R$ 1,12 milhão. Leia mais

Roubo foi descoberto por acaso

Quem fiscaliza os cofres das Varas espalhadas por este imenso Brasil de múltiplas justiças federal, estadual, do trabalho, de contas, eleitoral & outras?

Comenta Marcos Simões: “O que vai ocorrer com o ladrão? No máximo, aposentadoria com todos os direitos e benesses. Isso também atravanca o desenvolvimento pleno do Brasil. Por que um FDP desses ou uma classe é privilegiada até no comentimento de crimes? Deveria ser assim, então, para todos.
‘Locupletemos-nos todos ou restaure-se a moralidade”.

É uma brutal verdade. Quando se fala em corrupção, os bandidos togados são protegidos, blindados, inclusive pelo povo nas passeatas de hoje dia 13 da esquerda, e dia 15 da direita, e sempre.

Altos salários dos togados são pagos pelo povo

Temos uma justiça cara. Que pesa nos orçamentos dos governos estaduais e da União.
E não é uma justiça social. Nunca foi.

 

justiça esquina

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s