Propaganda dos predadores internacionais da Petrobras

petrobras BBC

Na imprensa internacional, três meios conservadores foram escalados, pelas multinacionais, para promoção de uma campanha que visa privatizar a Petrobras, e conquistar os campos de petróleo e gás do Pré-sal.

Depois da conquista da Vale do Rio Doce, ex-estatal entregue por Fernando Henrique, que disputa com a Petrobras o ranking da maior empresa da América Latina, e da entrega do nióbio por Fernando Collor, os piratas pretendem o mesmo entreguismo de Dilma, o dá ou desce, o dá ou sai da presidência do Brasil.

É uma campanha golpista internacional, que tem no Brasil o apoio dos quinta-coluna, traidores da Pátria.

Os três mosqueteiros barra pesada são El País da Espanha, El Clarín da Argentina, e a British Broadcasting Corporation (BBC), todos com versões em português, e edições diárias, especialmente para o Brasil.

O noticiário de propaganda tem verberação na imprensa brasileira, como sempre aconteceu com os jornais em língua nativa dos Estados Unidos, Inglaterra, França, Espanha e Itália, países que sediam as multinacionais que compraram as estatais brasileiras em leilões fajutos, e (pasmem!) com dinheiro emprestado pelo BNDES. E acreditem se quiser: venderam as empresas brasileiros a preço de banana, e oferecendo mil e uma facilidades a troco de nada.

Os caras de pau entregam as riquezas do Brasil e não recebem nada. Traem o Brasil sem levar as trinta moedas de praxe. Taí o exemplo da santa honestidade de um Daniel Dantas, um dos leiloeiros de Fernando Henrique, o príncipe da privataria.

Ruth Costas, da BBC, propaga que o mercado não recebeu com agrado a indicação do novo presidente da Petrobras. Carla Gimènez, do El País, reforça: “Nome de Bendine traz de volta incerteza ao cenário financeiro”.

“A indicação, feita pela presidenta Dilma Rousseff, foi mal recebida no mercado, pela pouca afinidade do executivo com o mundo do petróleo, uma vez que a sua experiência se resume apenas ao maior banco público do país, onde ingressou em 1978”.

Carla seleciona seus entrevistados, todos esquecidos que, desde que foi fundada, os presidentes da Petrobras, na sua maioria, eram   militares, inclusive vários marechais.

.

Por que o “minimizou”?

Eis a continuação da Reportagem de Ruth: Em Belo Horizonte, onde participou de um evento em comemoração aos 35 anos do PT, o ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, minimizou a importância da má recepção do nome do ex-presidente do Banco do Brasil pelo mercado. “Às vezes, (o mercado) faz avaliações que depois não se confirmam”, disse.

[“Má recepção” de quem? Se dos piratas, dos especuladores, dos predadores internos e externos da Petrobras, excelente para o Brasil a indicação do Bendine. O bem para uma Petrobras do Brasil e dos brasileiros. A adjetivação de “minimizou” de Ruth não tem nenhum peso]

Petro patrimonio

E Ruth doutrina:]  Abaixo, confira quais serão os principais desafios a serem superados pelo novo presidente da Petrobras:

.
Credibilidade nacional ou internacional?

.
Desde setembro, a estatal perdeu dois terços de seu valor na bolsa de São Paulo em função da crise em que está mergulhada.

petrobras golpe
Bendine precisará restaurar a confiança de parceiros e investidores – o que não será tarefa fácil, a julgar pela queda no valor das ações da empresa provocada pelo anúncio de sua nomeação, nesta sexta-feira.
Essa reconstrução da credibilidade passa, em parte, por evitar que a empresa perca o grau de investimento, o que dificultaria a captação de recursos para grandes projetos.
Analistas [quais analistas? Os predadores da Petrobras?] dizem que o novo presidente precisará ter uma postura firme de colaboração com a investigação da Lava Jato, mas também deve ser rápido em sinalizar que o escândalo não continuará a ‘paralisar’ as atividades da empresa.

.
[Os desafios apontados são os mesmos colocados pelos defensores do retorno da ditadura, do terceiro turno, dos golpistas que tramam o impeachment de Dilma. Dos que querem politizar a Lava Jato, na mão de delegados e togados que participaram da campanha eleitoral como fanáticos eleitores de Aécio Neves]

Petrobras historia
Também há certa apreensão sobre como ele [Bendine] responderá às pressões políticas. Para alguns analistas, as finanças da Petrobras sofreram nos últimos anos em função de a companhia ter subordinado sua política de preços ao interesse do governo de segurar a inflação.
O fato de Bendine ter afirmado em algumas ocasiões, quando era presidente do Banco do Brasil, que o papel do banco público “não é dar lucro”, alimenta algumas dúvidas sobre se ele priorizará a saúde financeira da Petrobras em suas decisões.

.
[Politicamente, o importante é presidir a Petrobras com uma visão patriótica, nacionalista. O papel de uma estatal não é a ganância do lucro, o capitalismo selvagem, a prioridade de aumentar o preço do gás e da gasolina para enriquecer 1% da população mundial]

petrobras produção

Moral dos funcionários intacta

.
Por muito tempo, trabalhar para a Petrobras foi motivo de orgulho. Hoje, há funcionários que escondem símbolos da empresa ao sair de sua sede, no centro do Rio, para evitar comentários desagradáveis.
Há um desânimo entre técnicos que, aos olhos da sociedade, deixaram de ser parte de uma das empresas mais eficientes do país para serem funcionários de uma “máquina de desviar recursos”.
O novo presidente precisará reverter esse pessimismo para conseguir os melhores resultados dos quadros da estatal.

.
[Afirmativas mentirosas, de propaganda marrom.

A verdade verdadeira é que o orgulho de trabalhar na Petrobras jamais foi abalado. Os pretoleiros estão nas ruas do povo reivindicando a nacionalização e a estatização da Petrobras, livre, para todo o sempre, dos predadores internacionais.

A Federação Única dos Petroleiros lançou campanha nacional para assinatura do seu manifesto “Defender a Petrobras é defender o Brasil”, e declara seu apoio a Dilma e condena a conspiração golpista. Clique aqui  

Passeata no Rio de Janeiro
Passeata no Rio de Janeiro

Os comentários entre colchetes são do editor desde blogue, que preferiu responder propaganda com contrapropaganda. T.A.]

Cartazete publicado no portal da Federação Única dos Petroleiros
Cartazete publicado no portal da Federação Única dos Petroleiros

 

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s