A religião do Charlie Hebdo

Charlie Hebdo atacava duas religiões: o cristianismo e o islanismo. Não fazia nenhuma charge contra o judaísmo. Não deixa de ser um tipo de fanatismo religioso. Que não matava na França. Até que apareceram dois franceses loucos… e burros, sem plano de fuga, sem dinheiro, e mascarados, mas que deixam a carteira de identidade no carro roubado que usaram na chacina. A revista tinha dois soldados como guardas. No dia do atentado apenas existia um, que também era maometano, e teve a morte filmada. E para completar, os assassinos adivinharam o dia e a hora da reunião semanal dos editores.

Publica 247:

CARTUNISTA FOI DEMITIDO DE CHARLIE POR PIADA ‘ANTISSEMITA’

charlie semita

Maurice Sinet teve de deixar o semanário satírico francês em 2009 após ironizar rumores que o filho do ex-presidente francês, Nicolas Sarkozy, planejava se converter ao judaísmo: “Este pequeno rapaz vai ter sucesso na vida”, publicou em sua coluna; então editor da revista, Philippe Val pediu para que ele se retratasse, mas Sinet foi categórico: “prefiro ser castrado”

 

charlie montagem

247 – O jornal Charlie Hebdo, que sofreu um atentado terrorista sob acusação de ter ofendido o profeta Maomé, demitiu em 2009 um de seus cartunistas por uma piada considerada antissemita.

O cartunista Maurice Sinet, que assina sob o pseudônimo Sine, foi desligado do semanário satírico após ironizar rumores de que o filho do ex-presidente francês, Nicolas Sarkozy, planejava se converter ao judaísmo. “Este pequeno rapaz vai ter sucesso na vida”, publicou.

O comentário foi considerado uma alusão preconceituosa e o então editor da revista, Philippe Val, pediu para que ele se retratasse. Sine foi categórico: “prefiro ser castrado”.

Após o ataque ocorrido na semana passada em Paris, Charlie virou símbolo da defesa da liberdade de expressão e continuou a desenhar o profeta Maomé apesar da revolta do mundo árabe.

 

 

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Um comentário sobre “A religião do Charlie Hebdo”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s