Partidarismo e jornalismo marrom. TV Globo promete um debate hoje para desfavorecer Dilma

Simch
Simch

 

Até na chamada para o debate de hoje, a TV Globo faz propaganda contra Dilma. Transcrevo:

“A três dias da votação, os candidatos à Presidência da República fazem nesta quinta-feira o último debate antes do primeiro turno. Estão confirmadas no encontro, promovido pela TV Globo, a partir das 22h30m, as participações de Aécio Neves (PSDB), Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PSB), Eduardo Jorge (PV), Levy Fidélix (PRTB), Luciana Genro (PSOL) e Pastor Everaldo (PSC).

O dia é de esforço concentrado. Candidata à reeleição, Dilma Rousseff, que já está no Rio, passará o dia reunida com assessores. O mesmo fará Marina Silva, que disputa com Aécio Neves o segundo lugar nas pesquisas de intenção de votos. Ambos devem disparar artilharia em direção à presidente. Em queda, a candidata do PSB deve afiar o discurso sobre corrupção no governo federal. O tucano, por sua vez, também deve aproveitar a última oportunidade para se mostrar familiar ao eleitor”.

É muita safadeza, parcialidade, propaganda indireta enganosa, tomada de partido. Não se fala sobre corrupção no governo de Minas Gerais, quando Aécio Neves era governador, nem no mensalão tucano que está engavetado etc, Não se fala sobre as denúncias de corrupção praticada pelo marido da Marina, nem na corrupção do governo Eduardo Campos que era o cabeça de chapa do PSB, nem no avião da campanha, nem sobre o apoio dos banqueiros e a viagem secreta de Marina aos Estados Unidos.

De Marina, propaga a TV Glovo que ela “deve afiar o discurso sobre corrupção no governo federal”.

 

marina choro

 

O debate de hoje da TV Globo deve ser conduzido com a finalidade de prejudicar Dilma. Isso se faz não só com perguntas safadamente selecionadas, mas com a divulgação desfavoráveis de cenas durante e fora do debate. Cenas de cansaço, de curiosidade, de riso com a resposta de algum candidato etc, que a comunicação não verbal tem um efeito mais eficaz do que qualquer pergunta e resposta. Confira

Quando a TV Globo anuncia que “a candidata do PSB deve afiar o discurso sobre corrupção no governo federal” faz um link para a seguinte notícia:

“Marina, em queda nas pesquisas de intenção de voto, deve adotar a mesma linha do discurso feito na terça-feira em reunião com apoiadores de sua candidatura, quando acusou a petista de mentir. Na ocasião, disse que não ‘quer se parecer com essa gente’ 

(…) Marina deve, durante o debate, explorar com firmeza as acusações de corrupção no governo federal. Aliados dizem que a postura da candidata, com um tom diferente do mostrado até agora na campanha, vai surpreender. A vida pessoal da candidata também vai ser abordada. A ideia é que Marina faça referências aos episódios sofridos de vida, reforçando a frase adotada como um novo slogan nesta reta final do primeiro turno: ‘não é um discurso é uma vida”. Isso é jornalismo marrom, partidário, de quem defende os banqueiros, a autonomia do Banco Central, a terceirização do trabalho, a mão-de-obra barata, o capitalismo selvagem e a anistia política para assassinos e torturadores. Leia mais e vide links.

Marina baixaria

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s