Protógenes alimenta boato sobre a morte de Eduardo Campos

Duke
Duke

Para colegas da Polícia Federal, Protógenes Queiroz (PCdoB-S) disse que um atentado tirou a vida de Eduardo Campos, candidato do PSB à Presidência.

Entre os argumentos para defender a suspeita, Protógenes frisou que o local da queda do avião não foi preservado, e que a PF chegou muito tempo depois da queda do avião.

Protógenas procurou os colegas para meter o pau lá neles. Cousa de deputado candidato à reeleição. Esqueceu de denunciar a quem interessava a morte de Eduardo. Que grupo econômico, partido e políticos foram beneficiados.

O irmão de Eduardo, o advogado Antônio Campos vai pedir que o deputado federal prove as alegações.

Acontece que o próprio Antônio Campos já desmentiu a boataria. Vide link

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s