Razões para derrubar o avião de Campos

por Fernando Castilho

 

george-soros

 

Quando li esta matéria no blog O morador da Ilha de Marlon Sérgio, veio aquele frio na espinha. Nossa! Será verdade?

Afinal essas coisas acontecem em filmes de Hollywood. Aconteceriam na vida real também?

Lógico que sim. Há inúmeros relatos de atentados, armações, armadilhas e toda sorte de delitos cometidos pela CIA desde há muito tempo atrás, e em vários países, todos visando manter o status quo e interesses dos Estados Unidos.

Aqui mesmo, no Brasil, recentemente houve a confirmação do que todo mundo já sabia: John Kennedy em uma gravação afirma que é preciso intervir no Brasil. Era 1964, não foi preciso a intervenção com tropas, mas com manipulações, agentes nos lugares certos, dinheiro para quem fosse preciso comprar, grana do Grupo Time Life para dar uma força para o jornal O Globo montar essa máquina de manipulações que existe hoje, etc..

Feito!

Mas ainda estava o clima chato da morte de Campos, Marina subindo ao trono do PSB, começo do horário eleitoral…ah! Deve ser mais uma teoria da conspiração. Vamos deixar pra lá, mas numas, certo?

Agora aparece essa notícia da Folha na coluna da Mônica Bergamo dando conta do imbróglio do jato em que viajava Campos. O avião não é de ninguém! Como pode? Não há seguro! quem indenizará as famílias das vítimas?

Fernando Brito no Tijolaço foi mais além na investigação.

Daí, aquela pulguinha insistente voltou a coçar.

Num avião embrulhado como o de Campos, seria mamão com açúcar aprontar alguma.
Sim, é possível, mas não provável que tenha havido sabotagem.

O timing teria sido perfeito. Tentou-se de todas as maneiras levantar Aécio Neves. A mídia encarregou-se dessa missão, sem sucesso. O homem não sobe de jeito nenhum. Dilma levaria com certeza no 1° turno, o que significaria mais quatro anos sem neoliberalismo e, mais, com toda força ao BRICS (veja que o Brasil vai implementar as exportações para Rússia).

Faltando cerca de 50 dias para as eleições, a substituição de Campos por Marina seria como um strike na campanha. Depois se veria como arranjar as coisas novamente. Seria fundamental uma ação agora.

Restam algumas perguntas: Teriam Marina Silva e Aécio Neves consciência dessa tramóia? Em que pese que em política não se descartam possibilidades, na opinião do blogueiro, Marina e Aécio seriam inocentes. Mas por via das dúvidas, já estão impondo a Marina as teses neoliberais que, se eleita, terá que implementar.

Haveria possibilidade de se provar a tese do jornalista Wayne Madsen? Improvável. A CIA é profissional. Não cometerá erros.

Wayne Madsen seria levado a sério? Veja que este blogueiro no ínicio não botou muita fé. A tendência, como sempre, é de desqualificação. É o que a CIA espera. Não sei ao certo.

É Marina Silva a menina dos olhos de George Soros? Claro que não. Enquanto ela servir aos seus propósitos, tudo bem. Mas quem tem melhores condições de implementar as medidas que ele deseja é Aécio. Ele a descartaria por Aécio.

O mundo é um bom lugar pra se viver, mas quem nele manda… (Transcrevi trechos)

 

 

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s