Esconde-esconde

O jornaleiro

por Talis Andrade

solidao

Não temo a escuridão

Quando fecho os olhos

vejo teu rosto

Não temo a solidão

Pelos quatro cantos do apartamento

quando estendo a mão

toco teu corpo

Sinto o teu cheiro

por todos os recantos

Escuto teu sorriso

tua voz

teu silêncio

quando brincas

de se esconder

pelos aposentos

vazios

Ver o post original

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s