A polícia toda na rua e nenhum assalto e nenhuma morte e nenhuma bala perdida

Veja a polícia na rua sem trabalhar. Os soldados estaduais realizaram esta manhã uma passeata, todos de mãos dadas, cantando a música de Vandré:

Pelas ruas marchando indecisos cordões
Ainda fazem da flor seu mais forte refrão
E acreditam nas flores vencendo o canhão

Há soldados armados, amados ou não
Quase todos perdidos de armas na mão
Nos quartéis lhes ensinam uma antiga lição
De morrer pela pátria e viver sem razão

Vem, vamos embora, que esperar não é saber,
Quem sabe faz a hora, não espera acontecer.

Vem, vamos embora, que esperar não é saber,
Quem sabe faz a hora, não espera acontecer.

 

Passeata de PMs na Conde da Boa Vista
Passeata de PMs na Conde da Boa Vista. Todos os soldados estaduais estavam desarmados

Uma passeata sem bombas de gás lacrimogêneo, sem bombas de efeito moral, sem cachorros para morder, sem patadas de cavalos, sem tiros de balas de borracha, de balas de chumbo, sem balas perdidas, sem cacetadas, sem prisões arbitrárias, sem infiltrados da polícia…

Tudo na mais santa paz.

 

 

 

 

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s