Policial que não segue a lei é bandido

Nas manifestações que vêm ocorrendo em todo o Brasil, um dos recorrentes abusos de autoridade testemunhados consiste em policiais sem identificação atuando em repressões violentas.

Militares sem tarja de identificação, usando “toucas ninja”, ou capacetes, têm sido flagrados em cenas de brutalidade em diversas cidades do país.

O militar no exercício de sua função, deve apresentar de modo claro e evidente seu nome e sua patente. Caso contrário, transgride o Regimento Disciplinar da Corporação, o Código Penal em seu artigo 350, inciso IV e o Código Penal Militar em seu artigo 301.

Diante desse cenário, os Advogados Ativistas disponibilizam um modelo de petição que pode ser preenchido e encaminhado à Corregedoria da Polícia Militar de São Paulo, caso você registre (foto ou vídeo) um policial sem identificação.

Prepare a sua câmera, aumente o seu zoom e foque em um policial sem identificação. Policial que não segue a lei é bandido.

POLICIAL! IDENTIFIQUE-SE. Campanha dos Advogados Ativistas.

camapanha aa

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Um comentário sobre “Policial que não segue a lei é bandido”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s