A jogada de Romário

por Daniel Mazola
sérgio cabral chuva enchente
O deputado e ex-craque Romário (PSB/RJ), que tem sempre holofotes a seu favor, confirmou que vem candidato ao Senado pelo Rio de Janeiro.
Vascaíno doente, Sérgio Cabral Filho, não gostou, ficou muito chateado, PT da vida com um dos seus maiores ídolos. Agora, Cabralzinho terá que dividir a bola dos votos com Romário, pela única vaga ao senado.
Agora, o atual desgovernador do Estado já sabe que é candidato a ficar sem emprego político, e pior (para ele), sem imunidade parlamentar, o que pode custar muito caro ao milionário político.
O atacante continua tirando o sono dos adversários em jogos decisivos, agora na política. Além de cabralzinho, quem deve ficar apavorado com a jogada política de Romário é o Pinóquio-carreirista Eduardo Paes.
O baixinho enxerga a jogada lá na frente. O verdadeiro lance de Romário não é o emprego de 8 anos no Senado. A eleição majoritária deste ano é apenas um treinamento para a disputa, daqui a dois anos, pela Prefeitura do Rio de Janeiro.
Romário aposta que consegue chegar facilmente ao Palácio da Cidade. Sua estratégia de campanha para 2016 já está em campo. Cabrazinho e Paes já sabem que correm o risco de levar o maior drible político de suas carreiras, nas duas próximas disputas contra o consagrado craque do futebol. Torcedores-eleitores e holofotes não faltarão.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Um comentário sobre “A jogada de Romário”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s