DA RESIGNAÇÃO

por Talis Andrade 

            

 

Narciso, por Hans Feibusch
Narciso, por Hans Feibusch

 

            Um cigarro

            depois do outro

            Uma mulher

            depois da outra

            Entre taças de vinho

            mil copos de chope

            fui desfiando a vida

            sem medo dos espias

            e dos mensageiros

            das notícias ruins

 

            Não faltarão juízes

            o cochicho dos delatores

            o testemunho invejoso

            – Irresponsavelmente desperdiçou

            fortuna e sinecura

            em bares e vaginas

 

            Os homens enterrem

            botijas de ouro

            As mulheres envelheçam

            longe de mim

 

            Que me arranjo sozinho 
 
 
 
 
 
  

 

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s