Dame más gasolina!

por Fábio Chap
Thiago Stone

minha cidade queima
aqui dentro
de
mim

minha cidade queima

ali fora
dejetos
e
entulhos
se misturam
com
orgulho

de quem diz amar
a cidade
quase
em cinzas

empresário não é
mais
cidadão
que eu

por isso,
vejo no fogo
espetáculo social

e na revolta
espetáculo essencial
dentre todas as coisas
em chamas
minha cidade é
uma
delas

eu sou a outra

‘dame más gasolina!’

.

AUDIODESCRIÇÃO DA FOTO DE THIAGO STONE: Em close está um amontoado de entulhos, madeiras de cavalete e ao centro uma lixeira de plastico estão sendo consumidos pelo fogo.
.
Diante deste queima da cidade de São Paulo, o poema de protesto de FÁBIO CHAP é de uma ironia surrealista. Um humor negro que denuncia a orquestração que a imprensa faz com o noticiário das passeatas de protesto e a bravura bárbara da polícia para defender dos “vândalos” uma lixeira.
.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s