Centenário do esquecido Vinicius de Moraes

Fausto
Fausto

Não sei pra que servem as isoladas manifestações fúnebres? Vinicius jamais foi indicado, pelo Brasil, para o Nobel de Literatura. Foi exonerado do Itamarati pelas não reveladas acusações de ser boêmio e gay. Viveu exilado para não ser preso como subversivo. Sua música não é tocada nas rádios. Sua poesia não é recitada nas escolas. No Rock in Rio deste ano, e sempre, ninguém falou dele. Que o Rock in Rio é a degeneração da cultura brasileira.

Existe alguma universidade, fundação, biblioteca, casa de cultura como o nome de Vinicius? Talvez sim, mais provável que não.

O “Poetinha” que tanto exaltou o Brasil e sua gente, que perdõe o nosso desamor. Conheça o portal 

A ROSA DE HIROXIMA

por Vinicius de Moraes

Pensem nas crianças
Mudas telepáticas
Pensem nas meninas
Cegas inexatas
Pensem nas mulheres
Rotas alteradas
Pensem nas feridas
Como rosas cálidas
Mas oh não se esqueçam
Da rosa da rosa
Da rosa de Hiroxima
A rosa hereditária
A rosa radioativa
Estúpida e inválida
A rosa com cirrose
A antirrosa atômica
Sem cor sem perfume
Sem rosa sem nada.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s