Presidente da Assembléia Legislativa do Maranhão anuncia que vai matar jornalista

por Feitosa Costa

 

 

Deputado Arnaldo Melo
Deputado Arnaldo Melo

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, o deputado Arnaldo Melo (PMDB), anunciou no inicio da noite de ontem, segunda-feira, diante de vários colegas, que vai matar o jornalista Luis Pablo, filho de uma família de blogueiros comandados por Luis Cardoso, um dos mais acessados de toda a região. O deputado disse que não está preocupado com a possibilidade de ir para a cadeia e encerrar a sua vida política.

O jovem jornalista Luis Pablo disse que  “a atitude irascivel” do presidente do Poder Legislativo do Estado do Maranhão se dá em função de matéria que divulgou em seu blog, denunciando a utilização de carros alugados irregularmente pela Assembléia Legislativa pela mulher do deputado, dona Valderês Melo, presidente de um órgão conhecido como Gedema.

Luis Pablo
Luis Pablo

A fúria do presidente da Assembléia Legislativa do Maranhão foi testemunhada também por profissionais de imprensa que imediatamente comunicaram o fato ao colega. Luis Pablo procurou se cercar de garantias e, segundo jornalistas de São Luis, fez chegar a ameaça ao secretário de Segurança do Estado do Maranhão.

Consta que colegas do parlamentar tentaram acalmá-lo, ponderando que ele não podia fazer determinada afirmação, que observasse a sua posição de presidente do Parlamento e de homem experiente, ao que Arnaldo Melo respondeu que “não estou nem um pouco preocupado com isso, vou matar esse sujeito”.

Décio Sá

O jornalista Décio Sá, repórter do jornal O Estado do Maranhão, de propriedade da família Sarney, e titular do “blog do Décio Sá”, o mais lido do Maranhão, foi assassinado em abril de 2012, em um bar da avenida Litorânea, em São Luis, por um pistoleiro que estaria agindo sob encomenda de um esquema de agiotas, acusado de ter mandado executar, também, dias antes, em Teresina, o negociante de automóveis Flávio Brasil.

O caso de Luis Pablo é diferente: ele não está sendo ameaçado por membros de uma quadrilha, nem por pistoleiros profissionais e sim pelo presidente do poder Legislativo do Estado do Maranhão, homem que deveria atuar como um guardião da democracia e sobretudo da liberdade de expressão.

Na contramão de suas verdadeiras atribuições, o Senhor Arnaldo Melo irrompe como um coronel de um terra sem lei intimidando publicamente um profissional que utilizou a sua capacidade e o direito de se expressar.

O Maranhão não merece ter um parlamentar com esse nível de descontrole.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s