Pastor sequestrou menina para praticar aberrações sexuais

A casa do pastor onde a menina vivia prisioneira
A casa do pastor onde a menina vivia prisioneira

Uma menina que, agora, tem 18 anos, foi sequestrada por um líder da igreja Testemunhas de Jeová, e viveu cinco anos em cativeiro. O pastor, além de estuprar, espancar, e marcar sua vítima com uma faca, a obrigava a trabalhar como escrava, e ter relações sexuais com estranhos e animais.

Jorge Antonio Torres, considerado um líder da igreja Testemunhas de Jeová, nas cidades de Tapalqué e Azul, na Argentina, está preso, acusado de crimes hediondos e perversos contra uma adolescente que, desde 2008, viveu um horror, quando foi capturada, estuprada e mantida prisioneira. Era obrigada a fazer sexo com as pessoas ao “acaso” e cães.

Disse a garota: Como seu algoz era o líder da igreja, não sabia como dizer não, sem se sentir culpada. Leia

ar_diario_popular. pastor

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s