O “golpe” dos bilhões

A imprensa brasileira nunca achou um bilhão muito dinheiro. Jamais reclamou da gastança na construção de estádios. Dos bilhões para ajudar os bancos, montadoras e oficinas estrangeiras. Privatizar empresas estatais. Emprestar a Sílvio Santos, família Ermírio de Morais, Eike Batista e outros e outros felizardos.

Grita quando o governo investe em obras para o povo.

Safadamente, o Correio Braziliense chega a insinuar que existe dinheiro tirado dos militares, jogando o governo contra as forças armadas. Que pretende o cebê seboso?

Se os bilhões fossem para gastos publicitários, os barões da mídia diriam: – Caixinha, obrigado!

 

 

correio_braziliense. bilhòes

br_estado_spaulo. bilhoes

br_folha_spaulo.bilhoes

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s