As almas de Paulo Henrique Amorim e Heraldo Pereira

Um encontro no céu. Espero que no final deste século.

paulo_henrique_amorim

Paulo Henrique Amorim (com cara de espanto):  – Não sei como São Pedro deixou você, do Pig, entrar aqui?

Heraldo

Heraldo Pereira (com cara de espanto): – ‘Seu’ conversa afiada, como você me reconheceu?

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s