Por que os barões da mídia e os banqueiros realizam campanhas contra plebiscito e referendo?

No Equador, o povo decidiu, nas urnas, que dono da mídia não pode tocar outros grandes negócios. Você sabe porquê. Todo jornalista sabe o motivo.

E também os banqueiros. Quem desviam o dinheiro dos bancos para outros empreendimentos.

Acontece pra danado: As falências fraudulentas. Do dinheiro desviado para os paraísos fiscais. A mágica do empresário, do empreiteiro e do banqueiro: De ser pobre no Brasil, e rico no exterior.

É o fenômeno da empresa pobre e o dono podre, podre de rico.

Cartum de Rasha Mahdi
Cartum de Rasha Mahdi

Milagre: Eduardo Paes, prefeito do Rio, pede que os políticos corruptos se confessem. Será ele o primeiro a fazê-lo?

Isabela Vieira (Agência Brasil)

O prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, disse hoje (16) que os políticos e autoridades brasileiras deveriam aproveitar a vinda do papa Francisco para confessarem seus pecados. Segundo ele, o papa, que virá ao Brasil para a Jornada Mundial da Juventude, não pode ser culpado pela corrupção e pelo mau funcionamento das instituições no país. Para Paes, o momento é de estimular corruptos “a se confessar”.

“Ele [o papa] não é responsável pelos pecados da sociedade brasileira, dos governos brasileiros, das autoridades. O bom, pelo contrário, é que as autoridades brasileiras se confessem com o papa Francisco e deixem de cometer os seus pecados. A presença dele pode ajudar neste sentido”, declarou Paes.

paespinoquio

NOTA DA REDAÇÃO DA TRIBUNA DA IMPRENSA  Só pode estar havendo um milagre. Se os políticos corruptos ouvirem Eduardo Paes (que, pelo visto, será o primeiro da fila) e procurarem o Papa para confessar os pecados, a Arquidiocese terá de mudar inteiramente a programação da Jornada Mundial da Juventude, estendendo-a por um ano, pelo menos, para que Sua Santidade realmente tenha tempo para ouvir cada um dos políticos e autoridades brasileiras que cometeram falcatruasA fila será tão extensa que irá para o Livro Guinness de Recordes e jamais será suplantada, per secula seculorum. (C.N.)

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s