Dona Maria: “O que mais dói é a Fome. Fome. Fome. Fome, meu filho! E a falta de água” (veja vídeo) Este o Brasil que a Copa esconde

por Ian Junior

Maria de Nazaré (nome da mãe de Jesus)
Maria de Nazaré (nome da mãe de Jesus)

O Brasil Hoje vive em meio à miséria, à fome e ao desprezo das pessoas. O País em que só visa o Luxo e não olham as pessoas carentes, pessoas que realmente precisam do dinheiro em que é gasto nos Estádios de Futebol, em Obras do Governo Federal para a Copa do Mundo.

O Brasil é um Pais em que poderia ser umas das maiores potencias do Mundo, se não houvesse tanta corrupção, tanto político que entra no governo apenas para beneficiar a se próprio, corruptos que prometem e não cumprem o que dizem, verdadeiros Bandidos, e por causa deles é que muitas famílias e pessoas sofrem com a fome, sofrem em meio a miséria, a falta de Educação, de saúde, pessoas que não tem nada para comer no dia-a-dia, pessoas que não tem como sustentar suas famílias. Muita gente trabalhando em lixões para tentar dar algo e trazer algo para sua casa.

O Nordeste que passa por uma grande seca no momento e que não vem quase nenhum recurso financeiro para ajuda, se vem é muito pouco. Imagine só, se todo esse dinheiro investido na Copa, fosse investido na Seca, ou na Transposição do Rio São Francisco, que faz muitos anos que está parado, ai sim seria melhor e ajudaria muitas famílias que sofrem com a Seca. Mais infelizmente parece que não passa de uma obra “Fuleira”, esquecida e que não estão nem ai.

 Paradas obras da transposição do Rio São Francisco
Paradas obras da transposição do Rio São Francisco

Tiramos por fato a vida da Dona Maria Nazaré, uma mulher que vive em meio à fome, que se quer tem água em sua casa para tomar um banho.

Iai? Será que precisamos mesmo de uma Copa do Mundo? Fica a pergunta no ar…

(Transcrito do Folha do Sertão)

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

2 comentários em “Dona Maria: “O que mais dói é a Fome. Fome. Fome. Fome, meu filho! E a falta de água” (veja vídeo) Este o Brasil que a Copa esconde”

  1. Talis,

    Você é do tempo de Jornalistas com “J” maiúsculo (sem falar do Poeta que vosmicê é, graúdo).
    Os que ainda lutam por ter uma consciência — e, por isso, vão morrer — te saúdam!,
    apenas para lembrar a saudação romana dos gladiadores na arena.

    Bom feriado, meu bom amigo.

    Fernando Monteiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s