Nas tragédias o Brasil confessa seu lado irregular

Foi assim no incêndio da boate Kiss em Santa Maria.
Acontece nos dias de chuva, com as moradias dos pobres nas áreas de risco.
Com o afundamento de barcos no Rio Amazonas.
Com os 170 mil despejos para as obras da Copa do Mundo.
Com as riquezas do Estado doadas como cessão, concessão, licença, consentimento, outorga (sinomia ou sinonímia?)

br_extra.Rio de Janeiro

O irregular nem sempre marca a presença do governo paralelo, da economia subterrânea, do mercado negro, da pirataria internacional (inclusive o tráfico de água), das diferentes formas de tráfico (notadamente o de dinheiro)

BRA_DGABC OAS obra irregular

br_folha_spaulo.Maluf

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s