O brasileiro gosta de verdura. Nos tempos de Delfim, crescia a cenoura, crescia a inflação. Com Dilma, estoura o tomate, estoura a inflação

Nos meus tempos de Sertão, o matuto dizia que verdura era capim. Ninguém comia. Com certeza, na cesta do povo não entra tomate. Nem cenoura.

Os preços aumentados da água engarrafada, dos medicamentos, dos serviços essenciais não contam.

Veja quantas manchetes safadas:

tomatebr_diario_comercio.tomateBRA_CB tomate BRA_PIO tomatetomate dilma jogar

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s