Dengue mata

BRA^GO_HOJE dengueBRA^MG_EDM dengueBRA^SP_AC dengueBRA^SP_DDR dengueBRA_DT dengue

Bauru passa a totalizar em 2013, 1.966 casos da doença.Após o contato com o vírus, a doença poderá se manifestar em média, dentro de seis (6) dias e alguns dos sintomas são: inicio súbito de febre alta, dor de cabeça, dores fortes nos olhos, na musculatura, nas juntas, podendo surgir manchas avermelhadas na pele. Ao aparecer os sintomas, a pessoa deverá procurar imediatamente a Unidade Básica de Saúde mais próxima ou o médico de sua confiança e evitar a automedicação.

Havendo confirmação de casos na família, os demais moradores da residência que apresentarem qualquer sintoma característico acima citado, também deverá procurar atendimento médico imediatamente para os devidos exames e tratamento.

A Secretaria alerta à população que a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, só é possível desde que haja condições da sobrevivência das suas larvas, que é a água parada, e por esse motivo é que a colaboração da população é indispensável para o controle da doença.

De acordo com a Divisão de Vigilância Ambiental do município, todos os moradores, proprietários de imóveis com edificações habitadas e desocupadas ou de imóveis sem construções devem providenciar não só a capinação dos mesmos quando necessário, mas também a retirada de todo o lixo ou entulhos, já que as larvas do mosquito transmissor da dengue se proliferam em qualquer tipo de recipiente onde possa armazenar o mínimo de água possível, desde tampinhas de garrafas até garrafas pets, latas, baldes, etc. A Divisão informa também, que é proibido atear fogo para queima de mato ou entulhos.

A Prefeitura esqueceu de avisar que ela mesma é a principal responsável. Pelas ruas e calçadas esburacadas, pelo lixo não recolhido, pela sujeira das praças, jardins, cemitérios, pelas galerias pluviais a céu aberto, pelas ruas e calçadas esburacadas, pelo abandono dos bairros pobres, pelo abastecimento de água que prioriza quem paga, por não fiscalizar os terrenos baldios da especulação imobiliária, por não capinar ruas e becos terraplenados etc.

E ainda: falta saneamento, faltam moradias dignas, e não se faz nada que preste para o povo.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s