POR QUE O IPHAN DE BRASÍLIA DOOU A MARINA DO ATERRO A EIKE BATISTA, SEM CONSULTAR O IPHAN DO RIO?

por Helio Fernandes

Victor Andrade

É mais um dos grandes escândalos. Vem se arrastando há tempos, já haviam decidido DOAR a propriedade pública ao empresário que já estava entre os 100 mais ricos do mundo, mas mesmo para ele, era bandalheira da grossa. Agora, com a AUTORIZAÇÃO do IPHAN de Brasília, surgiram provas (não mais indícios ou sussurros) da escandalosa DOAÇÃO.

Por que não consultaram o IPHAN do Rio? Nem é caso de consulta, até mesmo de comunicação. Se não lessem jornais, arquitetos e engenheiros do Rio não saberiam de nada. Tudo é vago, mas rigorosamente conclusivo e lesivo para a maravilha que é o Aterro.

Construção de 15 andares de altura, que ninguém sabe como calcular. 633 vagas de estacionamento em pleno Aterro. Sem contar que Eike Batista vai construir muito mais do que a autorização que irá receber. Só não receberá se houver um movimento nas redes sociais para impedir esse roubo ou usurpação do patrimônio público.

Clique na foto para aumentar

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s