Manual para jornalistas denunciados por injúria e calúnia

O assassinato é a censura final. Na maioria das chacinas de onze jornalistas no Brasil, em 2012, teve participação de policiais. Acrescente stalkings, assédio moral, sequestros, prisões, espancamentos, inquéritos forjados, ameaças de morte. Dois dos principais jornalistas brasileiros estão exilados para não morrer nos quartéis do governo de Geraldo Alckmin e nas delegacias do governo de Beto Richa. A primeira matança de jornalista neste ano 13, nos quatro cantos deste mundo em guerra, tinha que acontecer no Brasil, no dia 8 último.

Outra grande ameaça vem da justiça:

Por não punir os assédios extrajudiciais (fora da justiça), assinados por advogados, e os magistrados que criam aberrações tipo: jornalista inimigo, nulidade do direito de resposta como reparação de um erro jornalístico.

Por aceitar doestas e ultrajantes denúncias de crimes de injúria e calúnia, transformando o Brasil em um país campeão de assédio judicial.

O Brasil mata mais jornalistas que a Colômbia, país em guerra civil. E disputa o primeiro lugar com o México, país também em guerra civil, na América Latina.

Fuera de Juicio

 

Fuera de Juicio. Manual para periodistas denunciados por injuria y calumnia

La Fundación para la Libertad de Prensa-FLIP- presenta su última publicación: “Fuera de Juicio”, una guía práctica para que los periodistas sepan cómo actuar cuando se enfrentan a denuncias por injuria y calumnia, o cuando son víctimas de acoso judicial.

Durante años la violencia ha sido el principal problema de la libertad de prensa en Colombia. Sin embargo, es evidente el aumento de procesos judiciales contra periodistas con el fin de censurarlos, en especial a través de denuncias por los delitos de injuria y calumnia.

Para descargar el documento completo, click aquí.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s