Democracia à brasileira: um país de jornalistas marcados para morrer, exilados, presos e escondidos

O Brasil continua campeão em assédio judicial e stalking da polícia. Um jeitinho bem brasileiro de aterrorizar jornalistas. De censurar.

Tem apagão de luz. Tem apagão de blogues.

A verdadeira escuridão, a escuridão final, o apagão de jornalistas. A morte de um jornalista é a solução final da censura.

Este ano que terminou ontem, de eleições municipais, apagou, matou uns sete jornalistas.

Ninguém reclama. O povo brasileiro precisa aprender a protestar. Aprender com os espanhóis.

indignados povo nas ruas

alfonpalma

liberdade preso

Alfon3

alfon

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s