Brasil e Paraguai sem pontaria

 

abccolor.Paraguaio_dia. Brasil

 

 

Bala perdida sempre encontra uma criança. Não acredito muito que um atirador errou o alvo. No caso da menina brasileira temos, pelo menos, dois assassinos. A polícia nunca investiga. Nas mortes por bala perdida e acidente de trânsito, de desconhecida autoria, a lei deveria proibir a doação de órgãos para transplante. Neste mundo cruel, de tráfico de pessoas, tudo é possível.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s