Festa de branco

 

 

No meu interior (Limoeiro, PE) existiam: festa de índio, festa de negro, festa de branco.

Racismo? Não!

Ouvi de muitos a desculpa: – Não vou não. É festa de branco.

Tem uma música de Noel Rosa que explica essa recusa:

“Pois esta vida não está sopa
E eu pergunto: com que roupa?
Com que roupa que eu vou
Pro samba que você me convidou?”  Vídeo

O ministro Luiz Fux subiu no palco, cantou e tocou guitarra durante festa em comemoração a chegada do ministro Joaquim Barbosa à presidência do Supremo Tribunal Federal.

Fux cantou a música “Um dia de domingo”, do Tim Maia, e tocou guitarra. A festa também contou com um show de axé music.

No palco, o ministro Fux também disse que Barbosa deixou claro na posse que “nós, juízes, somos simples como o povo”.

A festa, marcada pelo som de MPB, foi oferecida por entidades de classe de juízes, ocorreu em um casa luxuosa de festas em Brasília, e custou cerca de R$ 120 mil. Foram distribuídos 2.500 convites.

Festa simples em casa luxuosa?

120 paus! um bom dinheiro.

Escute Fux.

 

 

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s