Portugal. Manifestantes contra visita de Merkel

Os manifestantes que estão em frente ao Centro Cultural de Belém.

Os ânimos estão exaltados e os agentes tentam conter os manifestantes.

Foi queimada pelos manifestantes uma boneca da chanceler alemã Angela Merkel.

Os manifestantes exibem bandeiras, cartazes e faixas da CGTP e com palavras de ordem contra a ‘troika’ da ajuda externa e contra Ângela Merkel, que hoje visita oficialmente Portugal.

São ainda visíveis cartazes a apelar à greve geral de quarta-feira, também convocada pela CGTP.

Entre os manifestantes há um grupo de trabalhadores dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) vestidos com t-shirts pretas onde de lê “ENVC – Privatização = Morte”.

A base da estátua de Luís de Camões está envolta com uma faixa preta onde se lê: “Nem Merkel nem Troikas” e “Não à exploração contra a Globalização”.

A concentração estava agendada para começar às 15:00, estando prevista uma marcha até São Bento.

A chanceler alemã está hoje em Lisboa para uma visita oficial de cinco horas, que inclui reuniões com o Presidente da República, com o primeiro-ministro e o ministro dos Negócios Estrangeiros e com empresários dos dois países.

Esta é a primeira vez que a chefe do Governo da Alemanha visita oficialmente Portugal e a deslocação acontece num momento em que internamente cresce a contestação ao programa assinado com a ‘troika’, estando previstas duas manifestações anti-Merkel em Lisboa.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s