Uma boa medida para ajudar a combater a fome no Brasil e Portugal

Vida noturna na cidade de São Paulo
Vida noturna na cidade de São Paulo

 

Quanto mais fome mais violência. Os famintos, no Brasil, estão nas favelas consideradas não pacificadas. Acontece que as balas perdidas da polícia e os cacetetes dos policiais não enchem barriga.

Publicado no Diário de Notícias de Portugal:

As Misericórdias […] são o último refúgio do pobre ou do necessitado. A atual crise financeira, laboral e social, faz com que muitas pessoas recorram ao auxílio que as Misericórdias podem fornecer. Só que os pedidos ultrapassam a capacidade financeira destas organizações, à beira do colapso. Ora, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa tem a concessão dos jogos sociais. É aqui que, em nome de uma solidariedade nacional, clamo ao provedor da SCML e ao ministro das Finanças que as verbas não previstas nos orçamentos, com os impostos já pagos, referentes aos prémios das lotarias que não foram distribuídos, prémios do Euromilhões, do Toto-bola e do Totoloto que não foram levantados, sejam distribuídos de forma equitativa pelas Misericórdias do País, com critérios a estudar. […] Essas verbas, afinal, não deviam reverter de novo para as Finanças e SCML, pois já não têm qualquer direito sobre elas. Mas, bem aplicadas, poderão mitigar muita fome por esse País fora…

 

 

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s