Crianças influenciadas pela tv

 

 

Muita gente faz fortuna com os baixinhos. Desobedecem aos pais. Realizam tudo que a tv manda. Também não têm para onde ir. Os edifícios nem as escolas oferecem espaço para as crianças.

Os pais não têm tempo para as crias. Não têm tempo para lazer. Para descanso. Os pais presos no trabalho. As crianças presas nos apertados apartamentos.

O programa da família unida passou a ser uma rapidinha no shopping.

A Revista Galileu publicou em seu canal no YouTube uma animação sobre como a indústria publicitária atinge as crianças, transformando-as em pequenas consumidoras. Assista a animação aqui.

Segundo a revista, deve-se prestar atenção na publicidade infantil porque “essas propagandas falam diretamente aos ‘baixinhos’. Elas influenciam 80% das decisões de compras dos adultos e as empresas sabem disso”, alerta.

Entre os dados apresentados, aponta-se que as crianças chegam a assistir 30 anúncios por hora – um verdadeiro bombardeio quando pensamos que os pequenos brasileiros ficam em média 5 horas por dia na frente da tela.

Ademais, metade dos anúncios televisivos são propagandas alimentícias. 34% são de guloseimas e salgadinhos; 28% são cereais; 10% fast food e nada de alimentos saudáveis como frutas e legumes.

Veja mais sobre o investimento pesado em comunicação mercadológica voltada ao público infantil na animação da Revista.

 

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s