Quando a família Kristiansen começou seu reinado em Natal Paraíso do Crime

Transcrevo reportagem da imprensa norueguesa, escrita por jornalistas internacionalmente famosos, onde aparece a sogra de Thomas Kristiansen, Christine Epaud.

Reportagem sobre lavagem de dinheiro, e confirmacão de que Thomas Kristiansen (quando tinha 37 anos) já era um velho conhecido da polícia, sendo ex-presidiário, e condenado várias vezes por crime financeiro.

É este sujeito que me ameaça, ele e a sogra. Com censura judicial e morte.

Fica explicado porque Christine Epaud possui dezenas de empresas em Natal, e sediadas em um pequeno hotel zero estrela, o Chalezinho Francês, na Praia do Meio. Hotel comprado com dinheiro de origem e destino desconhecidos. Uma escandalosa transa-ção que envergonha o judiciário. Porque, na época, Christine Epaud trabalhava no gabinete de um presidente do Tribunal de Justiça, envolvido no escândalo dos precatórios, investigado pela Operacão Judas.

Antes da compra deste hotel, Christine era uma simples funcionária pública, sem eira nem beira, (pasmem!) residindo em Paris, e manteúda de Gilles Epaud, e recebendo, sem trabalhar (óbvio) seu salário de barnabé.

É uma tradução do Google:

O dono de boate e ex-piloto de falências Thomas Kristiansen (37) afirma que ele conduz seus negócios no Brasil. Aqui ele é fotografado com sua esposa brasileira.
O dono de boate e ex-piloto de falências Thomas Kristiansen (37) afirma que ele conduz seus negócios no Brasil. Aqui ele é fotografado com sua esposa brasileira.

Procura-de-lei

 DAVID STENERUD
HANS KRISTIAN THORBJØRNSEN

Thomas Kristiansen fica chocado que sua sogra seja investigada por pesquisadores no Brasil.

– Nós conferimos algumas informações sobre Thomas Kristiansen e XX (mãe-de-journ.anm), mas não posso especificar mais de perto agora, pois cabe aos investigadores, disse Rómulo Berredo na Policia Federal, a NA24.
NA24 – o jornal de negócios

Kristiansen, que agora está de volta, na Noruega, está chocado com a declaração de Berrêdos, e que, de repente, ele parece estar no centro das atenções da polícia.

– Não escapou
– Eu não tive problemas quando eu estava saindo do Brasil, disse Kristiansen, que é outra forma de manter silêncio sobre o caso.

Kristiansen nega que o retorno para a Noruega significa que ele escapou de Natal.

– Eu nunca senti que não tinha nada a temer nesta matéria, insiste Kristiansen.

No início media player
Skien-homem, Kristiansen Thomas tornou-se parte do caso de lavagem de dinheiro chamado no Brasil, mas até agora não mais de um dos players de mídia.

Kristiansen permaneceu em Natal, quando a polícia brasileira, em uma ação coordenada com a polícia da Noruega em Oslo, tomou medidas contra a depredação do meio ambiente, por uma propriedade norueguesa-brasileira.

– Eu posso tranquilizar a todos que eu não conhecia a todos os envolvidos nesta matéria, disse que o ex-dono de boate.

Imagem tomou de um amigo de B-gang
Sobre o mesmo tempo verificou-se que era Thomas Kristiansen, que havia tirado a foto de seu ex-amigo Bjorn Løvstad junto com dois membros dos Irmãos Metralha em Natal. A foto foi impressa em Negócios de hoje é já.

Den helerisiktede eiendomsinvestoren Bjørn Løvstad har kjent Thomas Kristiansen i mange år. Nå er de ikke lenger venner.Acusado investidor imobiliário, Løvstad Bjorn conheceu Thomas Kristiansen por muitos anos. Agora eles não são mais amigos. Foto: David Stenerud

Transcrevo o trecho a seguir no original, onde aparece a “mãe”  (sogra) brasileira de Kristiansen, Christine Epaud. Trata-se de branqueamento de dinheiro:

Dagen etter gikk Løvstad ut og utpekte Thomas Kristiansens brasilianske svigermor som politiets hovedkilde i hvitvaskingssaken, no esvigermoren benekter på det sterkeste.

– Em férias
Thomas Kristiansen foi à falência em dezembro do ano passado, e é condenado várias vezes de criminalidade económica.

Kristiansen disse que quando ele terminou a sua última frase, na Noruega, só viajou para o Brasil, embora admita ter ajudado alguns noruegueses que queria no no mercado imobiliário no país.

Thomas Kristiansen ainda está listado como o contato no site, e gerente geral no registo da empresa, para imóveis SolBrasil, que no início deste ano tornou-se objecto de forte foco de TV 2 Ajuda a você .

Confira. Clique aqui

 Como é possível três probetões (Christine, a filha Chalottta da Silva e o genro Thomas), da noite para o dia, usar mágicas varas, e transformar abóboras  em dezenas de empresas, imóveis, carros importados e residências de luxo em Natal e Paris? E usar como empregados, que o Ministério do Trabalho investigue, encantados papa-jerimuns.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s