O partido corpo

Por Talis Andrade

 

 

Isis apareça para ajuntar
os doze pedaços do meu corpo
espalhados pelos confins do mundo
em que os rios secos se transformaram
nos únicos caminhos

Isis costure os pedaços do meu corpo
aperte os nós de sutura
modele meu pênis
com limo e saliva
E pela força dos invisíveis laços
meu corpo ressurja
indivisível e livre
meu corpo ressurja
para um vôo de pássaro

Seleta de Pedro J. Bondaczuk, in O Literário 

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s