Uma manchete de crítica ou aplauso?

Um jornal criticar o judiciário acho difícil. Como acontecia na ditadura militar pode acontecer. De maneira indireta. Ou velada.

Nos anos de chumbo passavam pela censura os subentendidos. Definem os dicionários: são as insinuações escondidas por trás de uma afirmação.
Subentendido é de responsabilidade do leitor, pois o jornal ao subentender, esconde-se por trás do sentido literal das palavras e pode dizer que não estava querendo dizer o que o leitor compreendeu.
O subentendido, muitas vezes, serve para o jornalista proteger-se diante de uma informação que quer transmitir sem se comprometer com ela.

Este abre-te sésamo era esperado. Mais do que previsível.

Castigo supremo: Cachoeira terá que manter distância de Veja

 

Em sua polêmica decisão, que mandou soltar o Carlos Cachoeira, e que só não foi efetivada porque outra operação da Polícia Federal impede sua soltura, o desembargador Tourinho Neto listou diversas pessoas com quem o bicheiro, uma vez em liberdade, não poderá manter contato. Uma delas é o jornalista Policarpo Júnior, diretor da sucursal brasiliense da revista Veja. Outra, curiosamente, é o também jornalista Eugênio Bucci. Ex-presidente da Radiobrás, Bucci é também consultor do empresário Roberto Civita, dono da Editora Abril.

 

Tourinho Neto determinou ainda que Cachoeira mantenha distância de três governadores: Marconi Perillo, de Goiás, Agnelo Queiroz, do Distrito Federal, e Sérgio Cabral, do Rio de Janeiro. Além disso, terá que manter distância dos deputados Stepan Nercessian, Protógenes Queiroz, Carlos Alberto Leréia, Sandes Júnior e Leonardo Vilella. São também citados o empresário Fernando Cavendish, dono da empreiteira Delta, e seus comparsas mais diretos, como o sargento Dadá.

Ao citar os nomes das pessoas de quem Cachoeira não poderá se aproximar, o desembargador Tourinho Neto acabou lançando uma sombra de suspeição sobre todos eles. Seriam parte da organização?

Leia, aqui, a íntegra da decisão de Tourinho Neto.

 

 

 

 

 

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s