Universidade Federal de Juiz de Fora tem de tudo que não presta

Foto do trote deste ano na UFJF. A caloura devia carregar um cartazete denunciando a corrupção na universidade.
Foto do trote deste ano na UFJF. A caloura devia carregar um cartazete denunciando a corrupção na universidade

Tem estupro de estudante dentro do campus. Um caso nojento. Uma possível curra. Uma universitária virgem, caloura, 17 anos, foi dopada e violentada em uma festa realizada no prédio do Instituto de Artes e Design.

Até agora ninguém foi preso. A vítima entregou uma lista de suspeitos. Estudantes que não estão sendo investigados.

Foi um crime hediondo, planejado e praticado por uma mente criminosa, um possível psicopata, frio, covarde, violento (a menina ficou com o corpo cheio de arranhões e hematomas).

EXISTE TAMBÉM UMA ONDA DE CONSTRUÇÕES SUSPEITAS  

Em 23 de novembro, o Tribunal de Contas da União (TCU) mandou suspender licitação da federal de Juiz de Fora (UFJF) para ampliar o hospital universitário. A obra está orçada em R$ 136,8 milhões. Os motivos são um sobrepreço de R$ 15,7 milhões, apontado na auditoria, restrições à competitividade e indícios de conluio entre as únicas três construtoras que participaram da concorrência. Os preços apresentados por elas foram tão parecidos que a primeira classificada, com o maior desconto, tinha uma diferença de apenas 0,38% em relação ao valor de referência.

Na decisão, relatada pelo ministro José Múcio, o tribunal pede à PF e ao MPF que apurem o caso. E afirma que, embora tenha pedido correções no edital em ocasião anterior, a universidade não o fez.

Estudante no Chile faz assim
Estudante no Chile faz assim
Estudante em Portugal faz assim
Estudante em Portugal faz assim
Estudante na Espanha faz assim
Estudante na Espanha faz assim
Estudante na Itália faz assim
Estudante na Itália faz assim

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s