Primeiro de Maio no Brasil festeja o salário mínimo que não passa de 300 dólares


Mais de cem milhões de brasileiros – a metade da população – estão desempregados. Vivem de biscates, esmolas e bolsa-família. Têm um rendimento mensal máximo de 270 reais. Coisa de 150 dólares.

A maioria dos trabalhadores, aposentados e pensionistas recebem o mínimo de 610 reais. Isso é menos de 300 dólares.

 

Não existe mais emprego fixo. A estabilidade no emprego foi cassada pelo ditador Castelo Branco, para a alegria dos presidentes pós-ditadura.

Todo emprego é temporário. E pra lá de precário. Mas apesar desta realidade cruel, as ricas centrais dos trabalhadores realizaram festas, shows e até churrasco. Gastaram milhões. Coisa de dinheiro fácil. E sem prestação de contas. Dinheiro nosso, via governo da União.

O G1 da Globo mostra como foi. Para tanto, várias equipes de jornalistas, fotógrafos e cinegrafistas produziram páginas e mais páginas de notícias. Milhares de fotos. Dezenas de filmes. Veja  

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s