Judeus e muçulmanos condenam qualquer manipulação do drama de Toulouse

JUNTOS OS DIRIGENTES DO ISLAMISMO E DO JUDAÍSMO NA FRANÇA. O reitor da Mesquita de Paris Boubakeur (g 2e), o presidente do CRIF Richard Prasquier (3 g), o rabino-chefe Gilles Bernheim (centro), presidente da Central judaica Joel Mergui (segunda d) e o presidente da CFCM Mohamed Moussaoui (d) após uma reunião no Palácio do Eliseu com o presidente Nicolas Sarkozy. (Foto: Benoit Tessier. Reuters)
JUNTOS OS DIRIGENTES DO ISLAMISMO E DO JUDAÍSMO NA FRANÇA. O reitor da Mesquita de Paris Boubakeur (g 2e), o presidente do CRIF Richard Prasquier (3 g), o rabino-chefe Gilles Bernheim (centro), presidente da Central judaica Joel Mergui (segunda d) e o presidente da CFCM Mohamed Moussaoui (d) após uma reunião no Palácio do Eliseu com o presidente Nicolas Sarkozy. (Foto: Benoit Tessier. Reuters)

O presidente do Conselho Representativo das Instituições Judaicas na França (CRIF), Richard Prasquier, lembrou: “ele já matou três soldados”.

O presidente do Conselho Muçulmano francês (CFCM), Mohammed Moussaoui, disse para os repórteres: “Imprima uma frente unida contra esse ódio e vamos agir em conjunto para tranquilizar todos os nossos cidadãos”, acrescentou.

“Somos essencialmente francês, judeu ou muçulmano”, afirmou o Grão-Rabino da França, Gilles Bernheim.

Publiquei apenas pequenos trechos. Leia mais

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s