Não confundir o tráfico humano com imigração ilegal

O tráfico de pessoas não se reduz à prostituição, à violência de género e à imigração irregular.”Há tráficos consoante a forma de exploração: migrantes irregulares para trabalho, pessoas exploradas sexualmente, crianças subjugadas por familiares para a adoção, seres humanos para o comércio de órgãos e crentes manipulados para fins religiosos, uma realidade emergente”. Leia mais

Tráfico de crianças não é lenda urbana

Tráfico de órgãos não é lenda urbana. Principalmente sequestro de crianças.

Acontece principalmente em países pobres. A imprensa dá pouco destaque. Notadamente a imprensa do primeiro mundo, ponto de venda de órgãos.

Primeiro os transplantes acontecem nos países que possuem medicina de vanguarda. Segundo as crianças são pobres. Crianças pobres de pais pobres e de países pobres ou emergentess, países governados por corruptos.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s